Desde 2014, mais de 31000 artigos.
,/2018

Região de Marília tem 750 mil eleitores aptos ao voto

Regional
06 de agosto de 2018

A Região Administrativa de Marília possui 746.308 eleitores aptos a votar, de acordo com dados divulgados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na semana passada. Dezenas de candidatos disputarão os votos distribuídos por estas 51 cidades nas eleições de outubro.

Apenas quatro municípios concentram metade (50,02%) do eleitorado da região. Marília com 171.775 títulos de eleitor válidos (23,02%), Ourinhos com 79.030 (10,59%), Assis com 71.685 (9,61%) e Tupã com 50.791 (6,81%).

Os dados levantados pelo Marília Notícia no banco de dados do TSE, dizem respeito a junho deste ano e podem ser acessados diretamente na fonte, clicando aqui.

Na região de Marília também fica o menor colégio eleitoral do Estado de São Paulo, a cidade de Borá, que conta com 1.123 títulos eleitorais – ou 0,15% do eleitorado da região administrativa.

Para se ter ideia, os 746 mil eleitores da regional de Marília são apenas 2,26% do eleitorado do Estado de São Paulo, a unidade federativa com mais títulos de eleitor ativos, com 33 milhões votantes.

Em todo o Brasil são 147,3 milhões de eleitores e São Paulo concentra 22,43% deles. Na comparação com o país, a região administrativa de Marília representa 0,51% dos eleitores.

Veja abaixo o ranking dos dez municípios com maiores colégios eleitorais da regional, ou clique aqui e confira a posição de cada uma das 51 cidades, além de dados como a evolução desde 2014 e o percentual de participação de no eleitorado regional.

Na sema passada o MN também divulgou o ranking estadual organizado pela reportagem com dados do TSE.

O infográfico no começo desta reportagem também pode ser utilizado para comparar os números de eleitores das cidades da região.

Variação

Outra informação levantada pelo MN é sobre a variação do eleitorado de cada município da região desde outubro de 2014, quando aconteceram as últimas eleições gerais.

Das 51 cidades da região administrativa, 23 perderam eleitores nos últimos quatro anos. O município que mais perdeu eleitores, proporcionalmente, foi Vera Cruz que deixou de ter quase um quinto dos títulos de eleitores.

Outras cidades que também perderam significativas frações do eleitorado foram João Ramalho (-16,89%), Chavantes (-16,68%), Salto Grande (-14,88%), Canitar (-11,30%) e Ocauçu (-11,25%).

Apesar das perdas em quase metade das cidades, de modo geral, a regional ganhou 5.421 eleitores no período, um acréscimo de 0,73%.

A maior parte do saldo positivo veio de Marília, que o MN já mostrou, ganhou 4.982 eleitores desde as eleições de 2014 (aumento de quase 3% do eleitorado).

Outras cidades com aumento expressivo foram Pompeia, com crescimento do eleitorado em 4,31% (mais 674 títulos eleitorais aptos) e Tarumã, com aumento de 4,43% (475).