Desde 2014, mais de 38000 artigos.
,/2019

Policial Rodoviário comete suicídio dentro de Base Operacional

Regional
12 de junho de 2019

Cabo Lincoln cometeu suicídio nesta quarta (Foto: Arquivo pessoal)

Um policial militar rodoviário cometeu suicídio na manhã desta quarta-feira (12) na Base Operacional da Polícia Rodoviária de Assis (cerca de 75 quilômetros de Marília).

O cabo Lincoln Clarindo dos Santos estava afastado da equipe do Tático Ostensivo Rodoviário (TOR) devido a uma depressão e por isso estava com restrição para usar a própria arma.

Ele prestava trabalhos internos na base no momento em que tirou a própria vida. Santos atirou contra a cabeça. Ele estava no prédio que fica nos fundos da Companhia, onde funciona a parte administrativa.

O policial era casado, morava em Tarumã e deixa uma filha. Ainda não há informações sobre o velório e sepultamento. O Marília Notícia acompanha o caso.

Grupo de ajuda

Marília conta com o Grupo de Prevenção ao Suicídio de Marília, que oferece palestras, rodas de conversas e atendimento psicológico social.

O projeto de Acolhimento aos Sobreviventes Enlutados por Suicídio trabalha em grupo com os familiares e amigos que perderam pessoas queridas por suicídio, que funciona toda terceira quinta-feira do mês na Faculdade Sul Americana, localizada na rua 4 de abril, 51.

Para outras informações dos projetos, basta entrar em contato pelo (14) 9-9789-0927.

Viver vale a pena

Vale lembrar que o  Centro de Valorização da Vida (CVV) realiza apoio emocional e prevenção do suicídio, atendendo voluntária e gratuitamente todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo por telefone, email, chat e Skype 24 horas todos os dias.

O contato pode ser feito pelo telefone 188 ou pelos outros canais disponíveis no site, que pode ser acessado [aqui].