Desde 2014, mais de 40000 artigos.
,/2019

Mulher espancada por companheiro continua em coma

Polícia
14 de outubro de 2019

Acusado continua preso (Foto: Divulgação)

Continua em coma a mulher de 28 anos que foi vítima de uma tentativa de feminicídio no dia 16 de setembro no Centro de Marília.

O acusado do crime, que só teve as iniciais divulgadas – E.S.S., de 32 anos, permanece preso. Ele foi identificado e detido no dia 18 de setembro pela Delegacia de Defesa da Mulher (DDM).

Entenda

Segundo a polícia, a tentativa de feminicídio ocorreu na frente da Praça Maria Izabel (da igreja São Bento), por volta de 18h. E.S.S. começou a agredir sua companheira e a jogou no meio da rua, batendo sua cabeça no chão.

Em seguida desferiu mais de dez chutes na cabeça da vítima, até que motoristas que passavam pelo local interferiram.

Câmeras de segurança registraram a agressão, as imagens são fortes. O autor fugiu e a vítima foi socorrida por populares.

A mulher continua na UTI do Hospital das Clínicas em coma. Segundo informado pela delegada da DDM, Viviane Sponchiado, na época do caso, a vítima e o acusado são andarilhos e vieram da cidade de Assis (distante 75 quilômetros de Marília).

Os dois estavam em Marília há apenas poucas semanas, morando na praça e vivendo de esmolas. A DDM conseguiu localizar o autor e pediu sua prisão, a qual foi decretada pela Justiça.

E.S.S. foi encaminhado para a Cadeia Pública de São Pedro do Turvo.

Veja o vídeo: