Desde 2014, mais de 51000 artigos.
,/2020

Presos suspeitos de matar mulher e jogar corpo em córrego

Regional
17 de outubro de 2020

Jessica Cardoso tinha 24 anos, um filho de apenas três e morava em Bastos (Foto: Redes Sociais)

Em uma ação que envolveu policiais civis e militares de Bastos, Iacri e Tupã (75 quilômetros de Marília), com desfecho neste sábado (17) dois homens foram presos acusados da morte de Jessica Cardoso, de 24 anos, ocorrida no dia 6 de setembro. Ela teve o corpo encontrado em um córrego em Iacri, três dias após ser assassinada.

A polícia fez buscas na tarde de sexta-feira (16) em Bastos, após identificar os autores e pedir a prisão temporária à Justiça. Um dos homens foi preso em casa e, segundo a polícia, confessou o crime. O outro envolvido conseguiu escapar.

Na manhã deste sábado (17), a Polícia Militar recebeu denúncia através do telefone 190 indicando que o suspeito foragido estaria escondido em uma casa, localizada dentro de uma propriedade de uma granja. No local o homem foi detido e encaminhado à delegacia.

Jéssica tinha um filho de três anos, que agora passou a viver com o pai – filho de um dos assassinos.

A polícia apurou que, no dia do crime, ela foi atraída para uma conversa com um dos suspeitos. A jovem teria entrado em um carro e o veículo se afastou em direção à zona rural. Segundo a versão de um dos acusados, teria havido uma discussão e Jéssica foi agredida com tapas.

Ainda conforme a versão dos envolvidos, ela teria batido a cabeça no próprio carro e ficado desacordada. Em seguida, os homens a teriam colocado no porta malas e jogado o corpo de uma ponte, que fica próximo ao Ribeirão Jurema, onde o corpo foi encontrado.

A Polícia Civil vai ouvir testemunhas, anexar o laudo do exame necroscópico para esclarecer o que realmente teria acontecido com a garota e a motivação para o crime.

 

Dois homens foram presos pela morte de

 

Em uma ação que envolveu policiais civis de Iacri e Bastos, na região de Tupã –  (O corpo de Jessica foi encontrado no riacho  em Iacri há uma semana.

O homem suspeito de assassinar Jessica, que teve seu corpo localizado no Ribeirão Jurema na cidade de Iacri há uma semana, foi preso na manhã deste sábado (17) pela Polícia Militar de Tupã, Bastos e Iacri.

De acordo com as informações apuradas pelo TupãCity, a Polícia Militar recebeu uma denúncia anônima sobre o local que possivelmente o homem estaria escondido.

O indivíduo, que estava em um lugar de difícil acesso, correu para a mata densa, mas por meio do trabalho conjunto realizado pela Polícia Militar de Tupã, Bastos e Iacri foi localizado, preso e encaminhado para a Central de Polícia Judiciária de Tupã.