Desde 2014, mais de 30000 artigos.
,/2018

PM prende dois por furto, receptação e posse irregular de arma

Polícia
07 de julho de 2018

A Polícia Militar prendeu em flagrante dois homens no final da tarde de sexta-feira (6) em Marília por furto, receptação e posse irregular de arma de fogo. Foram detidos o desempregado Edson Queiroz, 46 anos, vulgo “Edinho”, e o mototaxista Luiz Leandro dos Santos, 57 anos.

Tudo começou com o furto de um automóvel Chevrolet Monza de propriedade de um mecânico de automóveis de 62 anos por volta das 18h na rua Vitória Atala, no Jardim Marajó, zona Sul da cidade.

A Polícia Militar foi chamada e durante buscas nas proximidades o veículo foi encontrado na rua Navarro Miranda, em um bairro vizinho, sem três conjuntos de roda e pneu.

A equipe apurou que Edinho seria o suposto autor do furto e se deslocou até sua casa, também nas redondezas, na rua José Pedro Pecegato. Logo no quintal o dono do Monza reconheceu as rodas furtadas e as recuperou. O desempregado chegava no local e recebeu voz de prisão.

Motocicleta

Durante vistoria no imóvel peças de uma motocicleta produto de apropriação indébita foram encontradas.

Edinho afirmou que havia desmontado o veículo com a ajuda de outra pessoa e vendido parte dos produtos ao mototaxista Luiz, também morador do Marajó, por R$ 220.

Os policiais se deslocaram até a casa do suposto receptador e encontraram duas rodas de liga leve e uma transmissão de moto. Luiz chegava em casa e confirmou que havia comprado as peças de Edinho, mas disse desconhecer a procedência ilícita dos produtos.

Durante vistoria na residência os policiais encontraram uma espingarda cartucheira calibre 28 que o mototaxista disse ter pertencido a seu pai, já falecido.

Indiciamento

Luiz e Edinho foram levados ao plantão policial junto com um terceiro homem que teria ajudado a desmontar a motocicleta envolvida com apropriação indébita.

Após ser ouvido ele acabou liberado por falta de provas sobre seu suposto envolvimento relatado por Edinho, que teve fiança arbitrada em R$ 1,5 mil. O valor não foi apresentado e o desempregado acabou indiciado por furto.

O mototaxista Luiz também foi indiciado, por receptação e posse irregular de arma. Ambos passariam por audiência de custódia e poderiam ser encaminhados até a Penitenciária de Marília.

O quadro da motocicleta desmontada foi encontrado abandonado em uma estrada próximo da Coca-Cola.