Desde 2014, mais de 39000 artigos.
,/2019

Ferramenta permite comparar escolas de Marília

Cidade
10 de outubro de 2019

Uma das escolas com maior nota do Ideb nos anos iniciais da educação básica em Marília (Foto: Divulgação)

O Raio X das escolas do Brasil é uma ferramenta que permite comparar as escolas de todos os municípios do país, inclusive de Marília, lançado recentemente. Os dados envolvem instituições públicas e privadas e foram contabilizadas 137 unidades marlienses.

A ferramenta foi desenvolvida pela equipe do G1 – site que pertence ao Grupo Globo. A página especial utiliza dados como o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) – divulgados pelo Marília Notícia no mês de abril.

Na ocasião, o MN mostrou que 66% das 18 escolas municipais com dados disponíveis no banco de dados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) bateram as metas do Ideb – 2017 é o último com dados disponíveis.

A média das escolas municipais de modo geral foi 7,2 – acima dos 6,9 que propunha a meta. Nas escolas estaduais que oferecem educação básica a nota foi 7,4.

Agora, com a ferramenta Raio X é possível comparar cada escola com a média local e ainda com os âmbitos estadual e nacional.

Enem

No caso das escolas de ensino médio, é possível comparar o resultado de seus alunos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018. A média local em linguagens e códigos na rede municipal pública é 579,2 e na privada 583,1.

Matemática tem média 562,4 nas escolas públicas marilienses e 627,9 nas particulares. Ciências humanas registrou média 585,5 nas públicas e 620,7 nas privadas.

Ciências da natureza a média foi 500,8 no primeiro caso e 565,4 no segundo. No caso da redação a média local é de 500,8 nas escolas públicas e 564,5 nas particulares.

Índices de educação

Outras informações disponibilizadas pelo site produzido pelo G1 foram classificados como “índices de educação” são a média de aluno por turma e o percentual de professores com ensino superior – tema que também foi abordado pelo MN recentemente.

Entre os 11.670 professores da educação básica pública e privada de Marília, 549 possuem apenas o Ensino Médio completo, como mostrou o MN.

Ou seja, 4,7% dos professores de ensino infantil, fundamental e médio em atuação na cidade não fez ou não terminou a faculdade e por isso não têm diploma de nível superior.

O Raio X agora permite verificar o percentual de cada unidade escolar e comparar ainda com a média do percentual de professores com ensino superior nas redes privada (93,93%) e pública (95,8%)- que neste caso supera as particulares.