Desde 2014, mais de 40000 artigos.
,/2019

Torcedor símbolo do MAC acredita em novo acesso em 2020

Esportes
21 de outubro de 2019

Wilson acompanhou a partida que garantiu o acesso a série A-3 (Foto: Arquivo Pessoal)

O dentista Wilson Jinno é um torcedor fiel do Marília Atlético Clube (MAC). Ele acompanha o time em todos os jogos e tem uma coleção com quase 500 camisas que contam a história do time.

Wilson é de Marília, mas se mudou para São Paulo ainda criança. O amor pelo Tigrão começou quando ele era adolescente durante um jogo entre o Alviceleste e Francana na final do Campeonato Paulista da série A-2 em 2002.

O MAC venceu a partida e garantiu o acesso para a série A-1. Desde então Wilson acompanha o time e está presente em todos os jogos. Até a filha dele leva o nome do time, ela se chama Vitória Marília.

Ele esteve no jogo deste domingo (20) que garantiu ao MAC o acesso a série A3 do Campeonato Paulista.

“Eu fui ao jogo ontem sim, moro em São Caetano do Sul. Fui de ônibus, sai às 21h30 do sábado (19) da rodoviária de Santo André, cheguei a Fernandópolis às 7h da manhã do domingo (20). Cheguei em minha casa às 22h de ontem (domingo)”, contou Wilson em entrevista ao Marília Notícia.

Wilson acompanhando o jogo (Foto: Arquivo Pessoal)

Na disputa contra o Fernandópolis (FFC), em jogo fora de casa, o Tigrão segurou o empate em 1 a 1 e garantiu a passagem para a final da 4ª divisão do Paulista, a popular ‘Bezinha’. Apenas os finalistas sobem para a divisão superior.

Na primeira partida no Abreuzão os gols da vitória foram marcados por Ícaro, aos 47 minutos do primeiro tempo, e por Lucas Lima, aos seis da etapa complementar. Com a vitória inicial, o MAC seguiu com a vantagem do empate ou podia até perder por um gol de diferença.

“Foi uma emoção muito grande do começo ao fim do jogo. Logo após o gol do Fernandópolis, o MAC empatou o jogo e isso deu uma tranquilidade maior,” disse o torcedor.

O time do Alviceleste está muito bem conceituado na visão de Jinno. “O elenco do MAC pode ser comparado com times que estão acima da divisão que estamos e o Ricardo Costa conhece muito a divisão e já merece a alcunha de ‘rei dos acessos'”.

Wilson acredita que o Tigrão fará um ótimo campeonato no ano que vem e que poderá subir novamente.

“Desde o início tive uma impressão muito boa da atual diretoria composta pelo Daniel Alonso, Eduardo Nascimento e Alyson Souza e Silva, que são pessoas competentes e altruístas, já que o Marília Atlético Clube é um patrimônio de nossa cidade”, finalizou.

Wilson e jogador do MAC (Foto: Arquivo Pessoal)

(Foto: Arquivo Pessoal)

Alysson e Daniel foram elogiados por torcedor símbolo do MAC (Foto: João Paulo Santos)

Presidente do MAC, Daniel Alonso, com Eduardo Nascimento, diretor e homem forte no clube (Foto: João Paulo Santos)