Desde 2014, mais de 45000 artigos.
,/2020

Suspeita de envolvimento em roubo de malote é presa

Polícia
31 de maio de 2018

Polícia Civil continua atrás de um dos envolvidos: quem tiver informações deve entrar em contato pelo 197 (Foto: Divulgação)

A Delegacia de Investigações Gerais (DIG) prendeu na quarta-feira (30) Andressa de Souza Anjolette Zanetti, de 29 anos, suspeita de envolvimento em um roubo realizado no último dia 15 de maio, na zona Leste de Marília.

Na ocasião foram levados cerca de R$ 36 mil referentes ao pagamento de ingressos do show da cantora Marília Mendonça na cidade.

O caso é tratado como tentativa de latrocínio, já que pelo menos um disparo de arma de fogo foi efetuado, mas atingiu a parede do restaurante onde o dinheiro estava. Outras tentativas de disparo teriam sido feitas, conforme o Marília Notícia apurou com fontes da polícia na ocasião, mas a arma falhou.

O dinheiro compunha um malote que estava sendo recolhido de restaurante onde funcionava um ponto de venda dos ingressos. Os valores foram levados por dois assaltantes que fugiram correndo. Os bandidos renderam um homem durante o crime.

Contra Andressa existia mandado de prisão temporária de 30 dias expedido pela 2ª Vara Criminal após pedido da DIG, que investiga o caso. Ela teria participado do planejamento do crime.

O mandado foi cumprido por volta das 6h por uma equipe da delegacia especializada na rua Salustiano Martins Passos, no Nova Marília, zona Sul. Andressa foi encaminhada para a Cadeia Pública de Pirajuí.

Três dias após o crime, a Polícia Militar já havia prendido o auxiliar administrativo Sérgio Silva Rebello, de 31 anos, flagrado por câmeras de segurança enquanto fugia do local do crime.

O mandado de prisão temporária contra Sérgio, igualmente solicitado pela DIG, foi cumprido no quilômetro 132 da rodovia SP-333 durante uma madrugada. Ele estava escondido em um motel e denúncia anônima levou a PM até o local.

Um segundo homem também participou do roubo e continua sendo procurado pela DIG. Ele aparece nas imagens feitas por câmeras de segurança. Quem tiver informações deve entrar em contato pelo 197.

O automóvel Volkswagen Jetta utilizado no assalto foi apreendido pela DIG em uma chácara de propriedade da família de um dos envolvidos.

Sérgio Silva Rebello, 31 anos,foi preso três dias após o crime em um motel (Foto: Divulgação)

Câmeras ajudaram a identificar Sérgio (Foto: Divulgação)