Desde 2014, mais de 47000 artigos.
,/2020

Servidor critica Camarinha e Prefeitura abre processo disciplinar

Cidade
19 de agosto de 2015
1385980_537676979650962_590033374_n

Imagem antiga mostra um dos protestos. Servidor é conhecido por criticar Camarinhas (Foto: Reprodução Facebook)

A Prefeitura de Marília instaurou nesta quarta-feira (19), Processo Administrativo Disciplinar (PAD) contra o servidor municipal Lúcio Coelho de Araújo.

Lúcio trabalha atualmente como motorista na Secretaria Municipal de Assistência Social e é conhecido por ser um ferrenho crítico da administração do prefeito Vinicius Camarinha (PSB).

Segundo a portaria número 30901, “(…) o referido servidor proferiu diversas ofensas morais, em rede social – “facebook”, à autoridade do Poder Executivo Municipal, a qual o servidor se encontra subordinado”. Ainda de acordo com a corregedora geral do município, Valquíria Galo Febrônio Alves, “a existência de diversas postagens na referida rede social do servidor, em horário de serviço”, motiva o PAD.

Lúcio alega perseguição política e disse que não fez as postagens em horário de trabalho. “Mostrar a verdade agora é ofensa moral?”, questionou o servidor. Se considerado ‘culpado’, o motorista pode ser demitido ou pegar suspensão de até 90 dias.

“Marília tem: um prefeito que não é prefeito… um deputado que não é deputado… e um Camarinha que está sendo treinado para ser o coronel do futuro! Você vai continuar idolatrando esta gente? Esta família sem figura materna tinha há 30 anos R$ 2.700,00 e uma mobilete velha. Hoje tem um patrimônio de aproximadamente R$ 500 milhões”, disse Lúcio em um de seus posts polêmicos.