Desde 2014, mais de 62000 artigos.
,/2021

Saúde de Marília avalia concessão do Samu e do PA Sul

Cidade
15 de setembro de 2021

A Secretaria Municipal da Saúde de Marília avalia a possibilidade de concessão – uma espécie de terceirização – do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e do Pronto Atendimento (PA) da zona Sul.

Atualmente, por exemplo, a gestão da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) zona Norte é concedida ao Hospital Beneficente Unimar (HBU) e a da Estratégica Saúde da Família (ESF) é da Maternidade e Gota de Leite – o que envolve a operação das Unidades de Saúde da Família.

No segundo caso, um chamamento público para convênio com nova Organização Social da Saúde (OSS) – ou continuidade da Gota -, para assumir a ESF, está em andamento pela Prefeitura de Marília, mas o certame foi suspenso por determinação do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE-SP).

Ao Marília Notícia o secretário municipal da Saúde, Cassio Luiz Pinto Junior, confirmou que existem estudos sobre a concessão do PA Sul e do Samu, mas disse que ainda não podia adiantar as informações.

À reportagem, o presidente do Conselho Municipal da Saúde (Comus), Darcy Bueno da Silva, explica que a Secretaria da Saúde não confirma, mas existem planos para incluir o PA e o Samu em um novo chamamento público.

Silva reforça que não há nada confirmado e que o Comus sequer foi informado oficialmente sobre a possibilidade. Mas mudanças podem ocorrer em breve.

MUDANÇAS

Conforme o presidente do Comus, extraoficialmente, existem planos para transformar cinco Unidades Básicas de Saúde (UBSs) – geridas com recursos municipais – em USFs, que recebem verba do Governo Federal.

Nos bastidores, a informação é de que poderiam passar por esse processo as UBSs Castello Branco, JK, Costa e Silva e São Miguel – além da Bandeirantes.

É exatamente o que já aconteceu com o posto de saúde do Bandeirantes, contra o posicionamento do Comus e de moradores do bairro, ouvidos em audiências públicas.

O conselheiro explica que a UBS Bandeirantes tinha clínico geral, pediatra, ginecologistas e duas enfermeiras concursadas. Com a transformação em USF, entretanto, as especialidades teriam sido tiradas dali, ficando apenas um médico, uma enfermeira e um dentista.

CÂMARA

Os rumores sobre a possibilidade de concessão do PA Sul e do Samu já chegaram ao Poder Legislativo. Um requerimento do vereador Luiz Eduardo Nardi (Podemos) aprovado nesta segunda-feira (13) pede informações sobre o caso.

Tanto Nardi quanto o vereador Danilo da Saúde (PSB) – que foi secretário municipal da Saúde no governo Vinicius Camarinha (PSB) – criticaram a eventual concessão dos serviços que integram a Rede de Urgência e Emergência (RUE) do município.

Para os parlamentares, esse tipo de serviço deve ficar sob responsabilidade direta do município.

Quer receber notícias no seu WhatsApp? Clique aqui e entre para o nosso grupo.