Desde 2014, mais de 39000 artigos.
,/2019

Polícia investiga vandalismo em túmulo de mulher que morreu queimada

Polícia
19 de setembro de 2019

O túmulo de Natali foi violado na madrugada de terça (Foto: Arquivo Pessoal)

O túmulo de Natali Steffani Martins, de 22 anos, foi violado na madrugada de terça-feira (17) em Vera Cruz (distante 15 quilômetros de Marília). Natali morreu nesta segunda-feira (16) em decorrência de graves ferimentos causados por queimaduras. 

A Polícia Civil está investigando os motivos para o túmulo ter sido violado. Até onde a polícia sabe o corpo não foi sepultado com valores ou joias.

A princípio nada foi levado. A polícia investiga se foi apenas um ato de vandalismo ou se foi causado por outros motivos.

Natali foi sepultada na segunda e o túmulo violado na madrugada de terça.

O caso

Ela e o marido identificado apenas como ‘Welinton’ sofreram um acidente na madrugada de domingo (15) quando uma churrasqueira explodiu após ser acendida com álcool. Eles moravam em Vera Cruz.

O casal procurou socorro no Hospital das Clínicas de Marília e foram transferidos para a Unidade de Tratamento de Queimados da Santa Casa.

Natali não resistiu e faleceu na segunda. O marido dela continuava internado. A assessoria de imprensa da Santa Casa se recusou a prestar informações do atendimento feito do caso.

Welinton também ficou ferido (Foto: Arquivo Pessoal)