Desde 2014, mais de 71000 artigos.
,/2022

Polícia identifica outra pessoa em carro dirigido por padre

Regional
26 de maio de 2022

A Polícia Civil identificou e ouviu nesta quarta-feira (25) uma pessoa que estaria como passageira no carro conduzido pelo frei Gustavo Trindade dos Santos de 37 anos, acusado de atropelar um homem que teria furtado a secretaria da Igreja São Sebastião, em Santa Cruz do Rio Pardo (distante 120 quilômetros de Marília).

A testemunha foi identificada pelo setor de inteligência da Polícia Civil da cidade e intimada a prestar depoimento.

O homem – que não teve a identidade revelada – seria um jovem estudante da Escola Apostólica Dominicana e estaria ao lado do padre no momento do atropelamento.

O rapaz teria alegado que estaria em estado de choque após o ocorrido e, por isso, não se apresentou à polícia. Detalhes do depoimento não foram divulgados para preservar as investigações.

Três testemunhas já foram ouvidas e o inquérito policial deve ser concluído ainda nesta semana. O padre era esperado em oitiva no dia 19 de maio, na sede do Departamento Especializado de Investigações Criminais (Deic), em São Paulo, mas não compareceu.

O local para depoimento foi definido após o sacerdote informar que mudou o endereço para o convento Santo Alberto Magno, no bairro de Perdizes, na Capital.

O padre já teve dois pedidos de prisão negados pela Justiça. O homem atropelado segue internado em estado grave em um hospital de Ourinhos (distante 95 quilômetros de Marília).