Desde 2014, mais de 65000 artigos.
,/2022

Trecho da avenida Tiradentes cede com obra e forte chuva

Cidade
26 de novembro de 2021

Cratera assustou quem passou pela via nesta sexta-feira (Foto: Daniela Casale/Marília Notícia)

Uma enorme cratera se abriu na avenida Tiradentes, bem em frente à obra do Shopping Atenas Prime. O buraco está aberto e requer atenção de quem transita no sentido da rua Maranhão para acessar a avenida.

A via precisou ser interditada já que a cratera tomou quase a metade da rua. Quem transitava pelo local se surpreendeu logo cedo ao passar e ver o tamanho do estrago no Centro de Marília.

Avenida está interditada (Foto: Daniela Casale/Marília Notícia)

O horário exato em que o asfalto e parte da calçada cederam ainda é incerto. Servidores públicos e integrantes da obra estiveram no local pela manhã para checar o problema.

O Marília Notícia entrou em contato com os responsáveis pela obra e a informação é de que, devido às chuvas, muita água passou pelas galerias pluviais, que não aguentaram o volume e causaram o vazamento, que resultou na abertura do buraco.

Gaoc está no local (Foto: Daniela Casale/Marília Notícia)

Conforme a construtora, o vazamento provocou uma erosão, levando terra, o que fez com que o asfalto ficasse oco por baixo, não aguentasse e cedesse.

A previsão é de que o local fique interditado por 15 dias. Uma equipe da Prefeitura já está no local providenciando o início dos reparos.

O trânsito está complicado no trecho e equipes do Grupo de Apoio e Orientação à Cidadania (Gaoc) estão no local orientando.

Asfalto cedeu (Foto: Daniela Casale/Marília Notícia)

ESTRAGOS

Na Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros (SP-294), a chuva causou a queda de uma árvore em cima de um caminhão, na noite desta quinta-feira (25).

O acidente causou transtornos ao trânsito, mas ninguém ficou ferido. A Polícia Rodoviária Estadual (PRE) informou que a árvore já foi retirada na manhã desta sexta-feira (26).

Segundo o Corpo de Bombeiros, em decorrência da chuva também houve um destelhamento no bairro Argollo Ferrão.

***Este texto foi coproduzido pelo jornalista Leonardo Moreno