Desde 2014, mais de 33000 artigos.
,/2019

Padrasto é preso suspeito de se masturbar para enteada em Garça

Regional
12 de março de 2019

Um homem de 34 anos foi preso em flagrante por policiais militares acusado de importunação ofensiva ao pudor contra a enteada de 16 anos, na noite do último domingo (10) no Jardim São Lucas, em Garça (distante cerca de 35 quilômetros de Marília).

Segundo a denúncia da vítima, o homem teria se masturbado na frente da jovem e chegou a passar a mão em seu corpo. A adolescente conseguiu fugir e pediu socorro na casa de uma tia.

Os vizinhos ficaram sabendo do caso e foram abordar o acusado, que fugiu do local pulando um muro. Foram localizadas mensagens no celular da menor em que o acusado a chama de “gostosa”.

Os policiais foram até a residência onde reside a família e encontraram o homem escondido embaixo de uma cama na edícula do imóvel.

Em depoimento, a vítima informou que há algum tempo já estava sendo alvo do seu padrasto, mas sua mãe não havia acreditado nas denúncias.

Apesar de ser preso, o homem responderá a acusação em liberdade. A decisão foi adotada pela Justiça em audiência de custódia realizada nesta segunda-feira (11).

Ao invés de encaminhar o acusado para a Penitenciária de Barra Bonita, especializada em crimes sexuais, a decisão determinou sua soltura e que o homem deixe a casa onde reside com sua amásia e a vítima, no Jardim São Lucas.

Ele não poderá se aproximar mais da adolescente. O processo segue conduzido pela Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Garça. Caso seja condenado, o acusado poderá cumprir pena de um até cinco anos de prisão pelo crime de importunação sexual.