Desde 2014, mais de 45000 artigos.
,/2020

Nokia e Facebook também desistem de principal feira de telefonia celular

Tecnologia
12 de fevereiro de 2020

A lista de baixas no Mobile World Congress (MWC), principal evento de telefonia celular do mundo, segue aumentando. Nesta quarta, 12, Nokia e Facebook anunciaram que não vão participar do evento, marcado para acontecer entre 24 e 27 de fevereiro. Embora o Facebook não tenha historicamente uma presença forte, a Nokia é considerada um dos pilares do MWC, sempre ocupando uma grande área do espaço destinado a exibição de novidades.

As duas empresas não foram as únicas a desistir nesta quarta. Operadoras telefônicas de peso também que não irão participar, entre elas Sprint, AT&T, BT, Vodafone e Deutsche Telekom. A Cisco também desistiu.

Na terça, Amazon e Sony também confirmaram a desistência – a empresa japonesa sempre teve presença importante no evento. A organização do MWC estima que terá 2,4 mil empresas participantes, mas a fila das desistências por conta do coronavírus é grande, incluindo fabricantes, operadoras e desenvolvedores: Accedian, Amazon, Amdocs, CommScope, Dali Wireless, Ericsson, F5 Networks, iconectiv, Intel, InterDigital, LG, MediaTek, NTT Docomo, Nvidia, Rakuten, Sony, Ulefone, Umidigi, Viber e Vivo.

Com tantos nomes importantes fora, há rumores de que o evento deve ser completamente cancelado, o que revela a grande dependência de empresas de tecnologia em relação à China.