Desde 2014, mais de 69000 artigos.
,/2022

‘Crematório’ de cabos é flagrado na zona Oeste

Polícia
13 de maio de 2022

Homem é flagrado ao lado de fogueira em local com queima de fios de cobre (Imagem: Reprodução)

Moradores de bairros da zona Oeste de Marília, próximo ao acesso da Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros (SP-294), pela rua Joaquim de Abreu Sampaio Vidal, registraram sucessivos flagrantes de pessoas fazendo fogueiras à margem da alça de acesso.

A suspeita é que a intenção seja eliminar o plástico em fios e outros tipos de cabos de energia, provenientes de furtos.

Vídeos mostram a perigosa – e criminosa – prática bem perto da pista. A vegetação queima junto com outros materiais que – após o fogo cessar – foram identificados por moradores. Os relatos indicam que o local estaria virando um verdadeiro “crematório de cabos elétricos”.

Além de favorecer a depuração do material, que acaba receptado, há também crime ambiental, já que as fogueiras têm se alastrado e provocado incêndio no matagal próximo. A fumaça gera contaminação e ainda leva perigo aos motoristas que trafegam pelo trecho do Contorno.

“São ‘nóias’ (sic) que furtam fios e vêm queimar aqui, para depois vender por aí, em ferro-velho que aceita. Uma vez falei com um deles, mas os caras não estão nem aí. É perigoso até vir pra (sic) cima da gente. Teria que aumentar o policiamento pra (sic) inibir esse tipo de coisa”, reclama um morador que falou com o Marília Notícia, na condição de não ser identificado.

A Polícia Civil de Marília informou que vai apurar a denúncia. A reportagem também procurou a Polícia Militar para questionar sobre patrulhamento. A instituição informou, em nota, que nos últimos três meses não houve acionamento para ocorrência de averiguação de condutas suspeitas no local indicado, entretanto, a região é ponto de interesse de patrulhamento, que é realizado diuturnamente por equipes dos programas de policiamento de radiopatrulhamento, Força Tática, Rondas Ostensivas Com Apoio de Motocicletas (Rocam) e Ronda Escolar.

“Em relação ao vídeo apresentado, será objeto de análise para subsidiar o policiamento ostensivo e preventivo, o qual é realizado por meio de planejamento estratégico e de análise dos índices criminais, sendo imprescindível a participação da comunidade, a qual pode nos auxiliar por meio do Disque Denúncia (181), no site www.policiamilitar.sp.gov.br, no link Fale Conosco e, em caso de
emergência, pelo telefone 190″, completa a nota.