Desde 2014, mais de 50000 artigos.
,/2020

Polícia prende acusado de matar morador de rua em Garça

Regional
29 de janeiro de 2019

Perícia da Polícia Civil compareceu no local do primeiro homicídio em Garça (Foto: Benedito Henrique/Rádio Universitária)

O morador de rua Germano Vieira Betto, de 49 anos, foi preso pelo assassinato de Márcio Rodrigo dos Santos, 40, na madrugada desta terça-feira (29) em Garça (cerca de 30 quilômetros de Marília).

O crime ocorreu na praça Ruy Barbosa, em frente à Igreja Matriz de São Pedro. Márcio Santos, também morador de rua, foi encontrado com perfuração no pescoço.

Testemunhas identificaram Germano Betto como autor do homicídio. Os policiais militares realizaram diligências e o acusado foi encontrado escondido em um banheiro público na Praça Tancredo Neves.

Questionado sobre o crime, o indiciado alegou que entrou em luta corporal com a vítima, mas não soube informar como ele sofreu o ferimento no pescoço. A justificativa do desentendimento é que Márcio Santos estaria “mexendo com mulheres casadas”.

De acordo com a Polícia Civil, a vítima foi golpeada no pescoço com um pedaço de cabo de vassoura, provocando o grave ferimento que resultou em sua morte.

Diante dos fatos, Germano Beto foi conduzido até a Central de Polícia Judiciária (CPJ) de Marília, de onde passará por audiência de custódia e deve ser recolhido para a penitenciária de Marília

O crime

Segundo o Corpo de Bombeiros, uma equipe foi acionada para atender uma briga entre dois homens e um deles ferido por volta das 00h30 no local, onde Márcio Santos foi encontrado com a cabeça entre as pernas em estado grave.

Sem conseguir se comunicar e em estado de choque, a vítima foi encaminhada com urgência para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Garça. Ele não resistiu ao grave ferimento no pescoço e morreu no hospital.

No local do homicídio foi encontrado um pedaço de pau, comidas e uma garrafa de bebida alcoólica.