Desde 2014, mais de 50000 artigos.
,/2020

Lar São Vicente confirma funcionário positivo e anuncia medidas

Cidade
24 de junho de 2020

Moradia para 50 idosos, o Lar São Vicente de Paulo emitiu nesta quarta-feira (24) uma nota em que confirmou caso positivo em um funcionário – já afastado – e informou que está tomando todas as medidas para evitar a ocorrência de novos casos na instituição.

Um idoso, que morava na instituição de acolhimento, morreu com a doença na noite desta terça-feira (23) internado na Santa Casa de Marília.

Conforme a instituição, o homem – que o Marília Notícia apurou se tratar de José Barros da Silva, de 81 anos – estava internado desde o dia 12 de junho, inicialmente para tratar uma infecção urinária.

Durante a hospitalização, ele foi testado, teve resultado positivo para Covid-19 e permaneceu internado durante todo o período. Na noite desta terça-feira, não resistiu às complicações e morreu.

A direção do lar esclareceu que, esta semana – após o diagnóstico positivo do idoso, a equipe de enfermagem da Unidade Básica de Saúde Cascata esteve na instituição para realizar a coleta de material e testar outros idosos. Em sete dias, o resultado será informado.

“As vidas de nossos idosos e colaboradores são muito importante para nós. Desde o início da pandemia, estamos tomando todos os cuidados e prevenção recomendados pela Organização Mundial de Saúde, Secretaria da Saúde e Vigilância Sanitária”, escreveu a direção em nota.

Positivo

No quadro de colaboradores ativos, foram feitos testes rápidos. Um funcionário testou positivo para Covid-19 e dois estão com suspeita da doença. Segundo a diretoria, todos estão afastados das atividades e em isolamento domiciliar.

A instituição informou que os funcionários estão usando equipamentos de segurança e as visitas estão suspensas desde o início da pandemia, no dia 16 de março.

“Aos familiares e amigos dos 50 internos do Lar São Vicente de Paulo, afirmamos que nossa luta será ainda maior na prevenção à Covid-19, razão pela qual pedimos orações, que neste momento precisamos de muita força na manutenção de nossos trabalhos que historicamente é reconhecido pela comunidade”, defendeu o comunicado.