Desde 2014, mais de 71000 artigos.
,/2022

Irmãos fazem sucesso com som clássico no Centro

Cidade
23 de maio de 2022

Jonas e Edgar tocam violino algumas horas por dia na rua São Luiz (Foto: Divulgação/Carlos Rodrigues)

Dois irmãos violinistas, Jonas de 13 anos e Edgar, 10, vêm fazendo sucesso com apresentações musicais no meio da rua para ajudar a família.

A dupla se apresenta em frente à uma das lojas da rua São Luiz, sempre que pode, depois do horário escolar. A iniciativa nasceu no Natal para ajudar a comprar os presentes, mas vem se tornando um hábito para complementar a renda da família.

Os meninos, mãe, pai e avó perderam tudo em uma tempestade em 2015. A família morava em uma casa no Nova Marília 4, que desmoronou com o vento. Desde então, os cinco vivem com o benefício do aluguel social da Prefeitura, em um pequeno imóvel no Teotônio Vilela, onde aguardam a construção de uma casa pelo Poder Público.

“Não temos muitas condições, o que temos foi fruto de doação. Vivemos de uma banquinha de salgados na linha do trem e dos meus bicos como músico de rua e locutor de loja”, conta o pai, Ademir Gomes Egi de Melo, que é violonista e cantor de gospel.

As crianças aprenderam música com o incentivo do pai e da igreja que frequentam. “Eu toco desde os seis anos e meu irmão desde os quatro. Aprendemos violino na Igreja e hoje queremos ser músicos profissionais quando crescermos. Por enquanto só estudamos e fazemos apresentações para ajudar em casa, com nossos desejos”, conta Jonas.

Cuidadora de idosos Cícera Maria de Lima gostou da iniciativa (Foto: Divulgação/Carlos Rodrigues)

O pai já se apresenta na rua para conseguir alguns trocados. No Natal, os jovens tiveram a ideia de começar a fazer o mesmo.

“Eles queriam presente de Natal no ano passado e, por causa da pandemia, estávamos em muita dificuldade para comprar alguma coisa. Foi quando eles tiveram a ideia de se apresentar na rua e angariar doações para os presentes. As apresentações deles foram um sucesso e, desde então, se apresentam de vez em quando para ajudar a comprar material escolar e roupas para eles”, explica o pai.

O pedestres que passam pelo local e ouvem o som não escondem o encantamento. “Muito bonito ver os dois empenhados, tocando bem. Muito melhor do que ficarem largados na rua, fazendo bobagem. Aqui ao menos estão fazendo algo belo e ainda ajudam a família”, diz Cícera Maria de Lima, cuidadora de idosos.

Os garotos vivem com os pais Ademir e Camila e com a avó. “Minha mãe, de 89 anos, adoeceu o ano passado, vive com oxigênio. Minha esposa deixou a banca de salgados e pães, que confeccionamos, para cuidar dela. Só tem eu agora para cuidar da banca e do sustento”, afirma o pai.

Com as apresentações na rua, os filhos chamaram a atenção de um benfeitor e ganharam uma bolsa de estudos on-line de música, para avançarem na aprendizagem.

Quem quiser ajudar a família também pode entrar em contato com Ademir Melo pelo celular (14) 9 9743-2792 [clique aqui para iniciar uma conversa].