Desde 2014, mais de 31000 artigos.
,/2018

Governador anuncia reajuste salarial para todo o HC/Famema

Cidade
05 de maio de 2018

Governador Márcio França (PSB) com o assessor Vinícius Camarinha (PSB) em anúncio do reajuste para todos os funcionários do HC/Famema (Foto: Reprodução)

O Governador do Estado de São Paulo, Márcio França (PSB), anunciou nesta sexta-feira (4) o reajuste salarial de 3,5% a todos os funcionários da Famema e Hospital das Clínicas de Marília. O vale-alimentação também passa de R$ 8,64 para R$ 12.

Os aumentos são retroativos a fevereiro, quando o Palácio dos Bandeirantes, com aval da Assembleia Legislativa, concedeu o reajuste salarial ao funcionalismo público estadual.

Até agora apenas uma parte dos funcionários da Famema e do HC estava recebendo o novo valor, o que gerou descontentamento e fez a Associação dos Funcionários da Fumes (Fundação Municipal de Ensino Superior de Marília) realizar um protesto com ameaça de greve.

Entenda

Segundo a Associação, ao todo são aproximadamente 2,4 mil trabalhadores que possuem vínculos com a Famar (Fundação de Apoio a Faculdade de Medicina de Marília) e a Fumes.

Essas autarquias são as responsáveis pelas contratações de quem trabalha no complexo. Cerca de 30% desses funcionários, na década de 1990, fizeram a opção por receber diretamente do Tesouro do Estado. São os chamados “optantes”.

Os demais recebem com recursos oriundos do SUS (Sistema Único de Saúde) via Famar ou Fumes, e são chamados “não optantes”.

Os “optantes”, que recebem direto do Governo, são aqueles que já vinham recebendo reajuste de 3,5% concedido pelo governo estadual, além do aumento no vale-alimentação.

Os demais, cerca de 70% dos funcionários chamados “não optantes”, estavam até esta sexta-feira com os salários e vale-alimentação congelados, mas finalmente tiveram seu pedido atendido.

HC/Famema e governador

Em nota, a assessoria de imprensa do HC informou que “a diretoria da Famema não mediu esforços para que a isonomia dos reajustes fosse aplicada a todos os funcionários, incluindo Fumes ‘não optantes’ e Famar”.

Na semana passada, audiência na Secretaria de Estado do Planejamento e Gestão com a participação do Diretor Geral da Famema, Valdeir Fagundes de Queiroz, da superintendente do HC/Famema, Paloma Aparecida Libanio Nunes, do assessor do Governador do Estado, Vinícius Camarinha, e do secretário Estadual de Planejamento, Maurício Juvenal, teria voltado a abordar diretamente o assunto.

Agora, Márcio França, ao lado do assessor Vinícius Camarinha, anunciou o reajuste de salário e do tíquete alimentação.

“Estamos aqui no Palácio dos Bandeirantes com uma notícia importante para a Famema e HC/Famema, com o apoio do Vinícius Camarinha e do Abelardo Camarinha, estamos concedendo o reajuste de 3,5% que devia ter sido junto com todos os servidores, mas acabou ficando atrasado, também a atualização no vale refeição para favorecer todos os funcionários para que possam desempenhar um ótimo atendimento à população”, destacou o governador.