Desde 2014, mais de 62000 artigos.
,/2021

Servidores rejeitam proposta salarial da Prefeitura

Cidade
07 de abril de 2017

Servidores em assembleia (Foto: Edio Junior)

A Prefeitura de Marília fez uma nova proposta salarial para os servidores municipais após reunião ocorrida na tarde desta sexta-feira (7). A categoria está em estado de greve desde o final da tarde de quarta-feira (5).

Após negociações, o prefeito Daniel Alonso (PSDB) ofereceu um aumento de 2% nos salários e aumentar o vale alimentação de R$ 125,00 para R$ 200,00. Uma segunda proposta sem reajuste salarial com vale de R$ 300 também foi apresentada.

Alonso lembrou que foi incorporado ao salários dos servidores em janeiro o abono de R$ 200,00 e que isso inchou muito a folha de pagamento. Em alguns casos o aumento para o servidor chegou em 12%, a média foi de 5,48%. Ele lembrou ainda que todos os esforços foram feitos para chegar nesses números.

No final da tarde, o presidente do Sindimmar, Mauro Cirino, conduziu assembleia da categoria. A proposta da administração municipal foi rejeitada pelos trabalhadores.

“Vamos apresentar na próxima segunda uma contraproposta de 4% e R$ 300,00 no cartão alimentação”, disse Cirino.

Ainda segundo o representante do sindicato, a categoria continua em estado de greve. As negociações devem continuar na semana que vem.

Servidores em assembleia (Foto: Edio Junior)