Desde 2014, mais de 71000 artigos.
,/2022

Câmara volta a analisar desmembramento da pasta de Meio Ambiente

Cidade
09 de maio de 2022

Projeto que prevê desmembramento da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Limpeza Pública (Smalp) e que cria duas novas pastas está de volta à pauta da Câmara, após pedido de vistas. O texto deve ser submetido ao plenário nesta segunda-feira (9).

O pedido de vistas foi do vereador Luiz Eduardo Nardi (Podemos), que chegou a se manifestar de forma favorável à descentralização, porém, pediu tempo para estudar detalhes da proposta.

Atualmente, a Smalp pode ser considerada uma “supersecretaria”, comandada por Vanderlei Dolce, homem de confiança do prefeito Daniel Alonso (PSDB), com relação profissional bem antes do empresário se tornar chefe do Executivo.

A pasta tem um amplo espectro de atuação. Vai da administração do Bosque Municipal – onde distribui mudas de árvores – à gestão do contrato milionário da coleta de lixo doméstico, passando pela captura de animais e abastecimento de toda frota municipal.

Projeto do Executivo quer recriar a Secretaria Municipal do Meio Ambiente, delegando todas as atividades relacionadas ao setor, e instituir a Secretaria Municipal de Suprimentos, esta segunda uma novidade em Marília.

A nova pasta seria uma espécie de “super almoxarifado”, o que poderia gerar melhoria na logística de aquisições e distribuição de materiais entre as repartições públicas.

De volta após pedido de vistas, o projeto está pautado para primeira discussão. Se houver requerimento verbal [prática comum], a proposta pode ser submetida à segunda discussão, para acelerar tramitação e os efeitos da medida, o que permitiria ao prefeito a nomeação dos novos secretários.