Desde 2014, mais de 40000 artigos.
,/2019

Câmara aprova Prefeitura a fazer empréstimo de R$ 23 milhões

Cidade
17 de setembro de 2019

A Câmara de Marília aprovou nesta segunda-feira (16) um projeto de lei que autoriza a Prefeitura a financiar R$ 23 milhões junto a Caixa Econômica Federal (CEF). Os recursos serão para construção de parques e praças, pavimentação e recapeamento.

A votação da propositura gerou polêmica e cinco vereadores se posicionaram contra, mas foram vencidos.

A previsão é de aplicação de R$ 16 milhões em pavimentação e recapeamento asfáltico e R$ 7 milhões para “parques e praças” sem especificações de quais são eles – um dos pontos de críticas.

Tanto os parlamentares favoráveis, quanto os contrários ao empréstimo, ressaltaram as dificuldades financeiras da administração municipal.

Dúvidas a respeito do impacto financeiro foram levantadas e chegou a ser cogitado o convite para membros da equipe econômica detalharem a propositura, o que não prosperou.

Alguns vereadores que votaram contra o financiamento citaram o nível de endividamento de curto prazo da Prefeitura, que não suportaria um aumento de R$ 23 milhões. Outros afirmaram que existem áreas prioritárias precisando de dinheiro.

Já membros da Casa de Leis que ajudaram a aprovar o projeto do Executivo disseram que a dificuldade financeira do município é exatamente o que justifica a busca de recursos por meio de financiamentos, já que praticamente não existe verba para investimentos.

A geração de empregos e injeção do dinheiro na economia local também foram citados por defensores do projeto.

Emenda

Uma emenda do vereador Maurício Roberto (PP) propunha que fosse dada prioridade nos recursos para construção de infraestrutura de um complexo de lazer localizado no Núcleo Habitacional Presidente Jânio Quadros. Houve empate e o presidente da Câmara, vereador Marcos Rezende (PSD), rejeitou a mudança no texto.