Desde 2014, mais de 71000 artigos.
,/2022

Acusado de furtar casa de apoio é condenado pela Justiça

Polícia
07 de julho de 2022

A Justiça de Marília condenou Anderson Pereira da Silva por furto. A decisão é do juiz Paulo Gustavo Ferrari, da 2ª Vara Criminal.

Consta que no dia 24 de janeiro deste ano, por volta das 21h, o acusado foi flagrado após furtar a residência onde funciona a Casa de Apoio da Prefeitura de Iacri, no Jardim Parati, na zona Sul de Marília.

Conforme o Boletim de Ocorrência registrado na data do ocorrido, a Polícia Militar foi acionada com a informação de que o vigilante da região tinha detido um suspeito.

No local, rua José de Grande, o vigia contou que fazia ronda pela rua Francisco Barrueco, quando viu que o acusado escalou o portão de ferro de uma residência onde funciona a Casa de Apoio.

Passados alguns minutos, segundo a testemunha, o desempregado saiu carregando uma TV, avaliada em R$ 1.424,05. Ele foi abordado logo em seguida. Questionado, o autor confessou o crime.

O juiz aplicou pena de quatro anos de prisão em regime inicial fechado. “O réu, além de ostentar péssimos antecedentes é reincidente, inclusive específico. Foi beneficiado com a progressão ao regime aberto em 30/11/2021 (fl. 48) e pouco mais de um mês voltou a delinquir. Por este motivo, o regime inicial para o cumprimento da pena deve ser o fechado”, afirma o magistrado, que também negou o direito que o réu recorra em liberdade.