Desde 2014, mais de 60000 artigos.
,/2021

Viagens saindo de Marília têm pedágios ativos e em liberação

Cidade
22 de julho de 2021

Os principais destinos regionais frequentados por marilienses com a utilização de rodovias já possuem pedágios ativos ou que estão em fase de ativação no trajeto. Para facilitar o planejamento da população, o Marília Notícia fez um levantamento que mostra quais são essas praças.

Para começar, o MN vai tratar dos pedágios em ativação. Quem vai de Marília até as cidades de Bauru, Pompeia, Garça e Tupã, em breve terá que pagar pela utilização da rodovia SP-294 (Comandante Ribeiro João Ribeiro de Barros), sob concessão da empresa Eixo SP.

A Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp) afirma que ainda não há previsão para que as barreiras tarifárias nestes trechos entrem em funcionamento, mas no site oficial da concessionária elas constam como em ‘processo de liberação’. Os valores ainda não foram divulgados.

Quem vai de Marília para Bauru pela SP-294 precisará pagar dois pedágios por trajeto executado, um deles localizado no quilômetro 425, em Jafa (distrito de Garça), e outro no quilômetro 367, em Piratininga.

No trajeto entre Marília e Garça – especificamente a sede do município – pela mesma rodovia, também será necessário desembolsar a taxa pelo pedágio do distrito de Jafa.

Na viagem entre Marília e Pompeia está em fase de liberação a praça localizada no quilômetro 474 da SP-294, localizada em Oriente. O mesmo pedágio também fica no meio do trajeto entre Marília e Tupã.

Neste caso da praça de Oriente, a autorização para entrada em funcionamento foi publicada nesta quinta-feira (22) no Diário Oficial do Estado. Para a cobrança ser iniciada de fato, a Eixo SP só depende da homologação do governo estadual, o que pode acontecer a qualquer momento.

“Uma vez finalizadas e aprovadas essas praças de pedágio, a concessionária dependerá apenas da autorização de trafegabilidade da Artesp e da homologação da Secretária de Logística e Transporte, ambas também publicadas no Diário Oficial do Estado, para o início das operações”, diz em nota a Artesp.

Informações obtidas pelo Marília Notícia dão conta de que veículos de passeio simples poderão pagar até R$ 8,90 a cada passagem na praça de Oriente.

Da mesma concessionária, nas últimas semanas já entraram em funcionamento – e passaram a cobrar – as praças localizadas na SP-294 nos municípios de Parapuã e Inúbia Paulista.

PEDÁGIO EM VIGOR

Diferente dos trajetos citados acima, atualmente já existe cobrança de pedágio para quem parte de Marília para cidades como São José do Rio Preto, Assis, Lins, Ourinhos e Presidente Prudente.

No caminho para São José do Rio Preto existem três, o primeiro na rodovia SP-333 (Dona Leonor Mendes de Barros), com concessão a Entrevias, logo na praça Marília – quilômetro 315 (R$ 8,60). Outros dois ficam na BR-153 (Rodovia Transbrasiliana), com concessão para a Triunfo, em Lins – quilômetro 183 (R$ 7,70) e José Bonifácio – quilômetro 98 (R$ 7,70).

Para marilienses chegarem a Lins, que fica no meio do caminho para São José do Rio Preto, são duas praças, uma na SP-333 ainda em Marília – quilômetro 315 (R$ 8,90) – e a outra na BR-153 chegando em território linense – quilômetro 183 (R$ 7,70).

De Marília para Ourinhos existe um pedágio e também se utiliza a BR-153, mas para o sentido contrário ao utilizado nos dois trajetos acima. A praça fica em Veraz Cruz – quilômetro 268 (R$ 7,70).

Quem sai de Marília para Assis pela SP-333 passa pelo pedágio da Entrevias localizado em Echaporã – quilômetro 354 (R$ 6,30).

Marilienses que viajam para Presidente Prudente pela SP-333 e pela SP-270 (Raposo Tavares) encontrarão quatro pedágios pelas estradas. O primeiro é da Entrevias e fica em Echaporã – quilômetro 354 – (R$ 6,30). As demais são da Cart Concessionária e estão na SP-270, em Assis – quilômetro 453 (R$ 10), Rancharia – quilômetro 512 (R$ 8,20) e  Regente Feijó – quilômetro 541 (R$ 8,20).

* Esta reportagem foi coproduzida pela jornalista Daniela Casale