Desde 2014, mais de 71000 artigos.
,/2022

Vacinação contra a gripe ainda não atingiu a meta; veja balanço

Cidade
09 de agosto de 2014

“A cobertura vacinal de grupos como o das crianças de dois até cinco anos de idade (com 75,5% do público infantil imunizado);  das gestantes (com apenas 68%) e dos idosos (com 77%); está um pouco abaixo das nossas expectativas. Por isso, decidimos continuar a imunização, enquanto houver disponibilidade de vacina nas unidades de saúde”, afirma Rachel Ramirez, supervisora do setor de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal da Saúde.

Para ela, o alcance da cobertura vacinal é fvacinaundamental e ajuda a evitar futuras complicações causadas pela doença. “A vacina pode reduzir o número de hospitalizações por pneumonias e mortalidade por complicação da influenza cuja incidência aumenta nestes grupos, principalm
ente no inverno”, diz.

Segundo o novo balanço divulgado pela Secretaria Municipal da Saúde, a vacinação contra a gripe em Marília já registrou até esta última quinta-feira (dia 7), um total de 52.578 pessoas imunizadas no município. O número corresponde a 81,6% da meta prevista para a cidade, que é de vacinar 64.500 pessoas.

“Além da imunização dos grupos prioritários, a vacina contra influenza também está  disponível  para  professores atuantes no ensino infantil, fundamental e médio, carteiros, bombeiros e policiais civis e militares. Estas pessoas podem procurar as unidades de saúde, devidamente identificadas para receber a vacina”, finaliza Rachel Ramirez.

A vacinação é contra indicada para pessoas com histórico de reação anafilática prévia em doses anteriores, bem como qualquer componente da vacina ou alergia grave relacionada a ovo de galinha e seus derivados.  A vacina é produzida com vírus mortos pelo Instituto Butantã de São Paulo e Pasteur de Paris, o que impossibilita a transmissão da gripe.