Desde 2014, mais de 71000 artigos.
,/2022

UPA da zona Norte não fecha escala e ainda tem falta de pediatra

Cidade
06 de agosto de 2022

Unidade ainda enfrenta falta de profissionais (Foto: Michele Correia/Marília Notícia)

Embora tenha anunciado a abertura de processo para contratação de pediatras há cerca de um mês, a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da zona Norte ainda permanece com “buracos” na escala de profissionais.

“O problema maior ocorre na parte da madrugada e aos fins de semana. Eu diria que a escala não está completa em 30% ou 40%”, conta o diretor administrativo da UPA, Luiz Doretto, ao Marília Notícia.

Segundo o dirigente, apesar da dificuldade, a unidade não chega a permanecer sem pediatras por longos períodos. “Se tivéssemos um único profissional que aceitasse absorver esses horários que ainda precisamos preencher na escala, seria o suficiente”, comenta.

Doretto lembra que a escala é possível porque os profissionais são remunerados por hora trabalhada.

Contudo, por conta da dificuldade na contratação, não tem sido exigido que o profissional tenha especialização em pediatria. A oportunidade é estendida para médicos generalistas que atendam crianças.

Como o Marília Notícia já noticiou, a falta de profissionais da área tem se tornado crônica, e afetado os serviços de saúde de forma geral na cidade – nas unidades básicas de saúde, nos prontos atendimentos e na instituição de referência.

USUÁRIOS RECLAMAM

Em publicação sobre a situação dos chamamentos públicos para a contratação de empresas que tomarão conta dos serviços de Saúde nos próximos anos em Marília, leitores do MN aproveitaram para criticar a falta de pediatras na UPA e o despreparo de alguns profissionais.

“É uma vergonha a gente ter que sair da zona Norte de madrugada para levar uma criança na zona Sul. Vergonha”, escreveu Suzana Alves em trecho.