Desde 2014, mais de 39000 artigos.
,/2019

Turismo de experiência proporciona momentos únicos e ganha adeptos

Coluna
18 de janeiro de 2019

Conhecer a Estrada Real, que passa por SP, MG e RJ, de carro ou bicicleta é uma experiência incrível (Foto: Divulgação)

Mais do que conhecer os principais pontos turísticos e fazer belas fotos, uma forma bastante específica de viajar, o “turismo de experiência”, tem crescido cada vez mais.

A modalidade supõe um mergulho na cultura, gastronomia ou história do destino escolhido, além de privilegiar as “vivências”.

Uma pesquisa do site American Express Travel ajuda a ilustrar o comportamento dos turistas. 72% dos entrevistados disseram que, entre comprar coisas e ter experiências, preferem o segundo.

No turismo de experiência geralmente o viajante busca por atividades “fora do comum” e conexões autênticas com o local visitado e sua população.

Pisa da uva pode ser inesquecível lembrança; participação na produção de produtos típico costumam ser marcantes (Foto: Divulgação)

Alguns aspectos do turismo baseado em experiências:

  • Vivenciar as tradições locais;
  • Conhecer os costumes;
  • Participar de rituais e festas populares;
  • Integrar o processo de fabricação de produtos típicos;
  • “Se perder” em um bairro peculiar;
  • Aprender algo completamente novo que caracterize o destino escolhido.

Colheita de azeitonas e outros frutos também pode ser vivência única (Foto: Divulgação)

Exemplos que ilustram esse tipo de turismo:

  • Participar da colheita de azeitonas em Portugal;
  • Pisar em uvas na produção de vinho na Argentina;
  • Ter uma aula de gastronomia com um chef francês;
  • Percorrer parte da história do Brasil pelas cidades da estrada real entre Minas, Rio e São Paulo são algumas sugestões.

Aprender algo novo, como cozinhar um prato típico com chefe local, pode ser incrível (Foto: Divulgação)

As possibilidades são praticamente infinitas e existem opções para todos os públicos:

  • Experiências ecológicas em Bonito, no Mato Grosso do Sul;
  • Ajudar no plantio de vegetação nos mangues do litoral nordestino;
  • Trilhas de bicicleta nas diversas chapadas e parques brasileiros;
  • Conhecer vilas de pescadores, quilombos e aldeias.

Conhecer aldeias, quilombos, vilas de pescadores e outros povos tradicionais é capaz de “ampliar os horizontes” (Foto: Divulgação)

Experiências com o ecoturismo, como o plantio de muda do mangue no Nordeste brasileiro tem grande potencial didático (Foto: Divulgação)

ContexTur

Se interessou por nossas dicas? Entre em contato conosco. Os agentes de viagem da Contextur vão dar um atendimento personalizado sobre destinos, roteiros e muito mais. Clique aqui para falar direto com a equipe da Contextur.

Com 20 anos de experiência, somos uma das mais tradicionais empresas marilienses do ramo de turismo.

Além da consultoria completa, assessoramos nossos clientes em todos os trâmites burocráticos, seja para destinos nacionais ou internacionais. Atendimento físico ou online diferenciado!

Fale com nossos especialistas agora mesmo pelo Facebook [clique aqui] e WhatsApp (14) 99784-1090 [clique aqui]. Nossas lojas físicas ficam da unidade do Confiança na zona Sul e no Tauste zona Norte, em Marília – www.contextur.com.br.

Imersão em cultura bastante diferente, como em países do Sudeste asiático, também garantem experiência sem igual (Foto: Divulgação)

Mais perto, países andinos, como o Peru, também oferecer valiosa bagagem cultural ao viajante interessado (Foto: Divulgação)