Desde 2014, mais de 49000 artigos.
,/2020

Região registra novos pontos de manifestações nas rodovias

Regional
24 de maio de 2018

BR-153 interditada na manhã desta quinta (Foto: Divulgação/PRF)

Há 330 pontos de rodovias interditadas pelo movimento de paralisação dos caminhoneiros em 23 Estados.

O balanço foi divulgado na manhã desta quinta-feira, 24, pela Associação Brasileira dos Caminhoneiros (Abcam). A entidade diz que apenas quatro Estados – Amazonas, Acre, Amapá e Rio Grande do Sul – não têm estradas interrompidas nesta quinta-feira.

Grandes Estados produtores agrícolas são os que têm mais trechos rodoviários interrompidos. Este é o 4º dia de manifestações.

Região de Marília

Segundo o policiamento rodoviário, por volta das 10h30 a BR-153 foi totalmente interditada na altura do km 150 por manifestantes, em frente ao assentamento do MST. O local fica próximo do município de Promissão.

Nas rodovias estaduais eram oito pontos de interdição na região. Em Marília caminhoneiros faziam protestos na rodovia SP-333, em frente ao posto Gigantão, e no km 440 da SP-294, próximo ao distrito de Lácio.

Outros pontos de manifestação, por volta das 11h, foram registrados em: Gália (km 401 da SP-294), Tupã (km 523 da SP-294), Herculândia (km 509 da SP-294), Echaporã (km 368 da SP-333), Oscar Bressane (km 17 da SP-421) e Parapuã (km 374 da SP-425).

Os caminhões ficam parados no acostamento das rodovias estaduais e só permitem a passagem de veículos leves e ônibus.

BR-153 interditada na manhã desta quinta (Foto: Divulgação/PRF)

BR-153 interditada na manhã desta quinta (Foto: Divulgação/PRF)