Desde 2014, mais de 38000 artigos.
,/2019

Marília recebe trailer equipado para castrar animais

Cidade
16 de maio de 2019

Marília recebeu trailer equipado no final da tarde desta quarta-feira (15) . (Foto: Mauro Abreu)

O prefeito Daniel Alonso esteve na garagem da Secretaria Municipal do Meio Ambiente e de Limpeza Pública, no final da tarde desta quarta-feira (15), para receber o Castramóvel que o município conquistou, com recursos federais. O investimento é resultado de emenda parlamentar do deputado Ricardo Izar (Progressistas).

O trailer conta com sala de cirurgia, espaço pré-cirúrgico (preparatório) e pós-cirúrgico, para atendimento a animais domésticos. O investimento é de R$ 128,5 mil, com objetivo principal de reduzir a superpopulação, combatendo abandono e controlando doenças.

O prefeito apresentou a novidade ao lado do secretário Vanderlei Dolce; da assessora da pasta (que atua na área de transportes), Elaine Paes Sorrilha, e da médica veterinária Ticiana Donatti dos Reis.

(Foto: Mauro Abreu)

“Estamos agradecidos ao deputado Ricardo Izar, que priorizou Marília para esse importante investimento. Poucas cidades no país têm um recurso como esse. Funcionando de forma volante, esse serviço irá atender um número muito maior de pessoas, principalmente as mais carentes que têm seu animalzinho de estimação”, disse Daniel Alonso.

O chefe do Executivo lembrou que esta é uma reivindicação antiga da cidade, por meio das ONGs (Organizações Não Governamentais ) e grupos de protetores. “Nosso objetivo é, junto com a população, reduzir a superpopulação de animais, combatendo maus tratos e também favorecendo o controle de doenças”, disse o prefeito.

(Foto: Mauro Abreu)

AVANÇOS

O programa de Castração estava praticamente parado no município até 2016. A partir de então, Marília avançou em todas as áreas. Antes dos investimentos, a única iniciativa era a parceria entre a Prefeitura e as clínicas particulares para castração com custo reduzido.

Desde 2017, por determinação do prefeito Daniel Alonso, as parceiras com as clínicas foram mantidas e também foi criado o Programa de Castração para Controle da Leishmaniose.

(Foto: Mauro Abreu)

No mês de agosto do ano passado foi assinado contrato (vigente por 12 meses) com o ICEV (Instituto de Cirurgias e Especialidades Veterinárias). Em seis meses foram castrados mais de mil cães saudáveis, nos bairros com maior risco de leishmaniose.

Além disso, a Prefeitura reformou e triplicou a capacidade do CVA (Centro de Vigilância Ambiental) e implantou o serviço para recolhimento, castração e doação de animais, que pode ser acionado pelo telefone 193, com a colaboração do Corpo de Bombeiros.

(Foto: Mauro Abreu)