Desde 2014, mais de 39000 artigos.
,/2019

Polícia recupera 63 toneladas de soja desviadas em Cândido Mota

Regional
13 de agosto de 2019

63 toneladas de soja foram recuperadas (Foto: Divulgação)

A Polícia Civil de Cândido Mota (distante 85 quilômetros de Marília) recuperou na última semana duas cargas de soja em grãos que haviam sido furtadas de transportadoras que desenvolvem sua atividade econômica na região de Cândido Mota e Assis.

O delegado titular da Delegacia de Polícia de Cândido Mota, Gustavo Barbosa de Siqueira, explicou que em julho deste ano foram registrados Boletins de Ocorrência dando conta de que transportadoras haviam sido vítimas de furtos de cargas.

Os carregamentos haviam sido adquiridos para transporte e deslocamento até o Porto de Santos, mas não chegaram ao seu destino.

Ficou comprovado, até o presente momento, que o motorista contratado para fazer o transporte das cargas iria receber o montante de R$ 3 mil a R$ 4 mil para desviar as cargas de cereais, que seriam vendidas para empresários como se fossem lícitas e comercializadas no mercado do ramo.

Após as investigações, tanto o caminhão utilizado nos crimes, quanto o motorista foram encontrados e foi apurado onde as cargas dos cereais teriam sido vendidas. Diante dos fatos, um inquérito policial foi instaurado e as duas cargas desviadas foram recuperadas.

As investigações apontam, ainda, que não houve má-fé do comerciante que efetuou a aquisição das cargas porque, pela dinâmica dos fatos, verifica-se que os agricultores e produtores rurais costumam fazer a entrega nos silos, pesagens e respectivo pagamento e, somente após, é emitida a nota fiscal, o que dificulta a busca da origem das mercadorias.

Na aparência, elas se mostram lícitas, como se fossem mesmo dos produtores rurais. As duas cargas recuperadas totalizam aproximadamente 63 toneladas de grãos em soja, cujo valor aproximado pode variar entre R$ 90 a R$ 100 mil reais.

Segundo o delegado, as investigações prosseguem a fim de que seja esclarecida a existência de eventual associação ou organização criminosa que atue no desvio de cargas, bem como de eventuais receptadores.

(Foto: Divulgação)