Desde 2014, mais de 39000 artigos.
,/2019

Onda de calor provoca risco de mortes em Marília, diz INMet

Cidade
10 de setembro de 2019

(Reprodução: INMet)

O Instituto Nacional de Meteorologia (INMet) emitiu um grave alerta para áreas do estados de Mato Grosso do Sul e São Paulo que inclui Marília e outras 283 cidades. O quadro de atenção vale até o fim desta quarta-feira (11).

A onda de calor que vigora desde a semana passada agora é considerada de “grande perigo” e representa risco de morte por hipertermia – ou seja, aumento da temperatura corporal.

Até o último final de semana Marília se enquadrava em uma área de perigo por conta da elevação da temperatura e baixa umidade, mas atualização feita por volta das 11h desta terça-feira (10) tornou a situação ainda mais alarmante.

O alerta mais recente aponta situação de “temperatura 5ºC acima da média por período acima de cinco dias”. A previsão é de que a cidade possa registrar temperaturas máximas de até 37ºC.

A média climatológica, segundo a Somar Meteorologia, que trabalha para diversos serviços de defesa civil, indica que em setembro a temperatura em Marília costuma ficar entre 18ºC e 19ºC. No domingo chegou a bater 34,6ºC, segundo a empresa.