Desde 2014, mais de 71000 artigos.
,/2022

Mulher é condenada a 22 anos por enforcar e queimar marido

Polícia
06 de agosto de 2014

patriciapalomoA empregada doméstica Patrícia Palomo dos Santos, de 32 anos, foi condenada hoje (6) a 22 anos e 15 dias de prisão em regime fechado, além de pagamento de multa, por assassinar seu marido, o mecânico Weber Roberto Aguiar, de 31 anos, também conhecido como “Nino”.

O corpo da vítima foi encontrado carbonizado em um cafezal no Jardim Morumbi, em 2012.

Patrícia, respondeu em júri popular por homicídio qualificado, ocultação de cadáver e corrupção de menores. Em junho de 2012, a assassina teria entorpecido a vítima e depois enforcado o marido com uma corda até a morte.

Segundo a Polícia Civil, as ameaças e agressões de Patrícia contra Nino eram rotineiras antes do crime. Ela não suportava o fato do homem ter a trocado por outra mulher durante um período.

Ainda de acordo com a polícia, a empregada levou o corpo de ‘Nino’ dentro do porta-malas de um Santana, até a plantação, onde ateou fogo.