Desde 2014, mais de 30000 artigos.
,/2018

Mulher com filha de um ano é presa por furto e tráfico

Polícia
04 de agosto de 2018

Franciele foi presa em flagrante (Foto: Divulgação)

A Polícia Militar prendeu em flagrante Franciele de Cássia Henrique, de 31 anos, por furto contra supermercado na zona Norte de Marília na noite de sexta-feira (3). Ela estava com sua filha de um ano e também foi indiciada por tráfico de entorpecentes.

Na casa da mulher, na rua Nobor Imamura, no Nova Marília, foram apreendidos aproximadamente 22 gramas de maconha e um invólucro onde estavam um microcelular e 50 gramas de cocaína.

O aparelho e parte do entorpecente estavam envoltos em uma câmara de ar pintada com pó de grafite, artimanha normalmente utilizada para burlar aparelhos de raio x de penitenciárias.

Segundo o boletim de ocorrência, Franciele teria confessado que levaria neste sábado (4) celular e cocaína até a Penitenciária de Junqueirópolis (distante 185 quilômetros de Marília), onde seu marido está preso. Alguns chips telefônicos também foram apreendidos.

A mulher afirmou que ele é integrante de uma facção criminosa e, durante sua abordagem no supermercado onde foi surpreendida saindo com produtos furtados, fez ameaças contra o gerente. Os “irmãos” iriam pegá-lo, disse ela.

A PM foi acionada por volta das 19h10 até o estabelecimento comercial. Funcionários disseram que era a segunda vez em 15 dias que ela agia do mesmo modo. Com a filha de colo, alguns produtos eram supostamente colocados no carrinho e outros em uma bolsa.

O plano seria pagar apenas parte da compra, mas uma comparação entre a nota fiscal e as mercadorias encontradas com a mulher na saída do mercado revelou o furto.

A alegação foi de dificuldades financeiras e que a família estaria passando necessidade, mas entre os itens que estavam sendo subtraídos foram apreendidos garrafas de whisky, um licor de laranja e chocolates.

Franciele recebeu voz de prisão e durante checagem de seus documentos na residência onde vive, os demais produtos ilícitos foram apreendidos.

O delegado plantonista a indiciou pelos dois crimes e após audiência de custódia poderia ser feito o encaminhamento até uma unidade prisional feminina.

Mercadorias que seriam furtadas (Foto: Divulgação)

Drogas e outros produtos apreendidos (Foto: Divulgação)

Celular em invólucro que seria supostamente levado para Penitenciária