Desde 2014, mais de 62000 artigos.
,/2021

Microsoft lança celular com duas telas e laptop “monstro”

Tecnologia
23 de setembro de 2021

A Microsoft anunciou nesta quarta-feira, 22, os novos dispositivos da linha Surface, desenvolvidos de olho no Windows 11, novo sistema operacional da empresa. Lançados nos EUA, os dispositivos incluem o Surface Pro 8, esperado pelo público há alguns anos, e outros notebooks “conversíveis”. Os aparelhos chegarão ao mercado em 5 de outubro — mesma data de lançamento do Windows 11. Não há informações sobre chegada no Brasil.

A principal intenção da Microsoft no evento online, em que o Estadão esteve presente, era apresentar o desenvolvimento de novos dispositivos integrados com o Windows 11. Os aparelhos apresentados vieram com foco na praticidade da “transformação”: todos os notebooks possuem teclado que podem ser removidos ou escondidos da tela — a ideia é usar a potência de um computador mas ter a mobilidade de um tablet à disposição.

Além disso, a empresa apresentou a sua versão de um celular “dobrável”, com duas telas e tamanho de tablet. Veja os aparelhos apresentados pela Microsoft:

Surface Pro 8

O Surface Pro 8 foi o primeiro a ser apresentado — e um dos mais aguardados. O computador chega com 32 GB de memória RAM, tela de 13 polegadas, com taxa de atualização de 120 Hz e processador quad-core de 11ª geração da Intel. Outra novidade foi a inclusão da porta Thunderbolt 4, de entrada USB-C.

O teclado do Surface Pro 8 também traz novos recursos neste ano, com um espaço para a Surface Slim Pen 2, a caneta digital da marca. A Slim Pen 2, integrada ao computador, fica em um compartimento magnético no teclado, que mantém a caneta sempre carregada e possui vibrações para simular a pressão de um lápis no papel. O Surface Pro 8 vai custar US$ 1,1 mil nos EUA, nas cores prata ou grafite.

Surface Go 3

A Microsoft também apresentou o Surface Go 3, seguindo o mesmo design do seu anterior, com tela de 10,5. A evolução aparece no processador do aparelho: das versões com Intel Gold ou Intel m3, o Surface Go 3 passa a carregar processadores Intel Pentium Gold ou Core i3. Segundo a empresa, o upgrade significa ter um dispositivo cerca de 60% mais rápido do que o último lançamento.

Assim como o Pro 8, o Surface Go 3 tem a possibilidade de remover o teclado, mas não inclui o compartimento para a Surface Pen — mas conserva o carregamento magnético quando encaixado no corpo do aparelho. O Surface Go 3 sai por US$ 400, com teclado nas cores preta, cinza, grafite ou vermelha.

Surface Laptop Studio

O último computador apresentado pela Microsoft foi o Surface Laptop Studio. Como um notebook um pouco mais tradicional, o dispositivo ainda trabalha a mesma ideia de trazer um tablet ou uma tela de trabalho sem teclado para o usuário. Nesse caso, o teclado não é removível, como no Surface Pro e Surface Go, mas possui um mecanismo em que é possível deslizar a tela até transformá-la em apenas um display.

O sucessor do Surface Book tem tela de 14,4 polegadas, com um display PixelSense que suporta taxa de atualização de 120 Hz e o sistema de mídia Dolby Vision. O dispositivo também chega com processador quad-core Core i5 ou Core i7, ambos da 11ª geração, e possibilidade de placa gráfica Intel Iris Xe ou Nvidia’s RTX 3050, a depender do modelo escolhido.

Além disso, o dispositivo vai ter as opções de 16 GB e 32 GB de RAM, e até 2 TB de armazenamento removível com SSD. O Surface Laptop Studio vai para as lojas por US$ 1,6 mil, na cor prata.

Surface Duo

No tópico de celulares, a novidade foi o Surface Duo, modelo “dobrável” da Microsoft. A proposta, porém, é diferente dos modelos do setor: não ter dobras no display e sim unir duas telas diferentes, conectadas no dispositivo, que podem funcionar separadamente ou integradas. Segundo a Microsoft, isso significa ter um teclado, um controle de games ou uma tela de apoio para as atividades principais. A lateral também mostra uma espécie de notificação, que vem da tela por uma abertura na lateral do celular, que mostra as horas e notificações — o aparelho não tem tela na parte externa.

O aparelho também reúne chip Snapdragon 888, topo de linha da Qualcomm, com suporte à rede 5G e taxa de atualização de 90 Hz. Juntas, as duas telas têm 8,3 polegadas e o aparelho possui um sistema de câmera tripla de 16 MP, com lentes grande-angular, ultra-angular e teleobjetiva.

“Os últimos oito meses nos relembraram o quão importante é um computador para estudar, trabalhar e fazer atividades. Com a nova geração do Windows, a gente desbloqueia uma nova geração de dispositivos. Para nós, a linha Surface sempre foi um catalisador de inovação. Hoje, nós estamos criando uma nova categoria de notebooks”, afirmou Satya Nadella, presidente da Microsoft, no evento.