Desde 2014, mais de 57000 artigos.
,/2021

Marília tem mais cinco mortes e quase 400 novos casos em 24 horas

Cidade
04 de maio de 2021

Boletim desta terça-feira (Arte: Divulgação)

Após recorde de mortes registrado ontem (3), com 18 óbitos, o boletim epidemiológico divulgado pela Prefeitura de Marília nesta terça-feira (4) confirma quase 400 novos casos positivos de Covid-19 nas últimas 24 horas.

O informativo aponta que, de um dia para o outro, o número de casos confirmados da doença saltou de 22. 106 para 22.504, alta de 398 exames positivos.

Além do aumento do número de casos, cidade contabilizou cinco novas mortes por complicações da infecção, e agora soma 506 óbitos. Outras três mortes estão sendo investigadas.

Marília tem 3.151 pacientes que aguardam resultado de exame, sendo 58 deles em cuidado hospitalar. No total, são 177 internados, dos quais 119 já estão positivos.

Do total, 21.329 são considerados curados e 669 estão em fase de transmissão do vírus. O município já descartou 56.103 notificações.

VÍTIMAS

O primeiro óbito é de um homem, de 74 anos, portador de doença cardiovascular crônica, conforme notificação hospitalar. Ele iniciou sintomas no dia 28 de abril e foi a óbito nesta sexta-feira, dia 30.

O segundo óbito é de uma mulher, de 64 anos, sem comorbidades, de acordo com notificação do hospital. Ela começou a ter sintomas no dia 30 de março e foi a óbito nesta terça-feira, dia 04 de maio.

O terceiro óbito é de uma mulher, de 54 anos, portadora de diabetes mellitus, segundo notificação hospitalar. Ela teve início de sintomas no dia 26 de abril e foi a óbito nesta segunda-feira, dia 03 de maio.

O quarto óbito é de um homem, de 55 anos, portador de doença cardiovascular e obesidade, conforme notificação do hospital. Ele iniciou sintomas no dia 23 de janeiro, o paciente estava internado na cidade de Bauru.

E o quinto óbito é de uma mulher, de 81 anos, portadora de doença cardiovascular, diabetes mellitus e doença neurológica crônica, conforme notificação do hospital. Ela iniciou sintomas no dia 1º de março, evoluindo à óbito.