Desde 2014, mais de 69000 artigos.
,/2022

Marília deve ter quase R$ 120 mi destinados à Educação em 2022

Cidade
13 de maio de 2022

Fachada do prédio da pasta municipal (Foto: Arquivo/Marília Notícia)

A Confederação Nacional dos Municípios (CNM) divulgou nesta terça-feira (10) as novas estimativas de verbas para o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) em 2022. Em Marília, o orçamento previsto para o fundo é de quase R$ 120 milhões (R$ 119.534.962,57).

A cidade é a 39ª do Estado de São Paulo, de um total de 645 municípios, com maior receita prevista para a educação em 2022.

Confira a lista de cidades e valores em receita estimada para o Fundeb em 2022:

1º São Paulo – R$ 6 bilhões

2º Guarulhos – R$ 714 milhões

3º São Bernardo do Campo – R$ 494 milhões

4º São José dos Campos – R$ 446 milhões

5º Osasco – R$ 434 milhões

6º Barueri – R$ 433 milhões

7º Campinas – R$ 413 milhões

8º Sorocaba – R$ 364 milhões

9º Praia Grande – R$ 323 milhões

10º Mogi das Cruzes – R$ 306 milhões

11º Ribeirão Preto – R$ 279 milhões

12º Taubaté – R$ 261 milhões

13º Santo André – R$ 254 milhões

14º São José do Rio Preto – R$ 244 milhões

15º São Vicente – R$ 244 milhões

16º Itaquaquecetuba – R$ 236 milhões

17º Piracicaba – R$ 231 milhões

18º Santos – R$ 214 milhões

19º Jundiaí – R$ 212 milhões

20º Guarujá – R$ 205 milhões

21º Diadema – R$ 197 milhões

22º Cotia – R$ 185 milhões

23º Itapevi – R$ 175 milhões

24º Franca – R$ 163 milhões

25º Santana de Parnaíba – R$ 161 milhões

26º Suzano – R$ 161 milhões

27º Embu das Artes – R$ 160 milhões

28º Hortolândia – R$ 160 milhões

29 º Indaiatuba – R$ 160 milhões

30º Limeira – R$ 153 milhões

31º Taboão da Serra – R$ 153 milhões

32º Sumaré – R$ 151 milhões

33º Bauru – R$ 144 milhões

34º Francisco Morato – R$ 138 milhões

35º Jacareí – R$ 134 milhões

36º Caraguatatuba – R$ 127 milhões

37º São Caetano do Sul – R$ 123 milhões

38º Ferraz de Vasconcelos – R$ 121 milhões

39º Marília – 119 milhões

Para ver a lista completa, acesse aqui.

SOBRE O FUNDEB

O Fundeb é um dos principais mecanismos de financiamento da educação básica pública no Brasil, e é composto por recursos de impostos e das transferências dos Estados, Distrito Federal e Municípios vinculados à educação.

Na prática, funciona como uma conta bancária que recebe 20% do que é arrecadado em impostos, como ICMS e IPVA, por exemplo.

Além dessas fontes de receita, integram o Fundeb os recursos provenientes da União a título de complementação para aqueles que não atingiram o valor mínimo por aluno, ou que tiveram melhoria de gestão e alcançaram a evolução dos indicadores sobre atendimento e melhoria de aprendizagem com a redução das desigualdades.

Os municípios utilizam os recursos provenientes do Fundeb na educação infantil e no ensino fundamental, e os Estados no ensino fundamental e médio.