Desde 2014, mais de 40000 artigos.
,/2019

Horário de verão: saiba como evitar atualização no celular

Tecnologia
19 de outubro de 2019

Um assunto tem preocupado os brasileiros bastante nos últimos dias: o medo de perder compromissos a partir da próxima semana, por conta do fim do horário de verão. Isso porque dispositivos como smartphones e computadores foram programados, nos últimos anos, para atualizar automaticamente o horário do sistema quando há a mudança. Em 2019, porém, o governo brasileiro decidiu extinguir a mudança de horário. Assim, a alteração nos relógios, que deveria acontecer a partir da meia-noite deste domingo, 20, mas não vai, pode acabar sendo realizada nos dispositivos eletrônicos.

É algo que não depende das marcas, mas sim do Banco de Dados Global da Iana (Autoridade para Atribuição de Números de Internet, na sigla em inglês), usado por quaisquer dispositivos eletrônicos. Como não está claro se haverá de fato a alteração no banco de dados da autoridade, as empresas de tecnologia começaram distribuir dicas para os usuários não correrem o risco de viverem em um “horário alternativo”.

Veja o passo a passo no Android, no iOS e no Windows

A recomendação é simples: basta entrar no sistema de configuração de horários e desmarcar opções automáticas de “data e hora” e de “fuso horário”. No Android, é preciso entrar no menu Configurações, procurar o item chamado Sistema e depois escolher Data e Hora. Aí, basta desativar as duas opções.

Para quem usa iPhone, a sequência é o app Ajustes, depois o menu Geral, clicar em Data e Hora, e aí desabilitar o Fuso Horário Automático, fornecido pela rede de telefonia ou Wi-Fi utilizada. No Windows, basta clicar no relógio que fica no menu Iniciar e, com o botão direito, ajustar algo semelhante.

É possível ainda que o horário dos eletrônicos não sejam alterados neste final de semana, mas sim no próximo dia 3 de novembro – o primeiro fim de semana deste mês era usado até 2018 para o início do horário de verão. O conselho vale também. Segundo o Google, as configurações manuais podem ser mantidas até 16 de fevereiro de 2020, quando seria o final do horário de verão brasileiro.