Desde 2014, mais de 31000 artigos.
,/2018

Estudo com participação da Santa Casa é destaque internacional

Cidade
12 de junho de 2018

A pesquisa teve entre os investigadores principais o cardiologista Pedro Beraldo de Andrade.

O estudo intitulado “SECURE-PCI”, concebido e realizado no Brasil, com a participação do Serviço de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista da Santa Casa de Misericórdia de Marília, foi destaque no cenário cardiológico internacional no primeiro trimestre deste ano.

Apresentada no Congresso Anual do American College of Cardiology 2018, evento realizado na cidade de Nova Orleans (Estados Unidos) que congregou mais de 30.000 participantes, a pesquisa que teve entre os investigadores principais o médico cardiologista Pedro Beraldo de Andrade foi publicada simultaneamente no periódico Jama (Journal of the American Medical Association), com fator de impacto que a qualifica entre as três principais publicações médicas mundiais na área da Cardiologia.

A Santa Casa de Marília esteve representada pelo profissional dentre os 58 centros brasileiros participantes do estudo e contribuiu com a inclusão de 527 pacientes de um total de 4.191 portadores de síndrome coronariana aguda, ocupando a segunda posição dentre os principais centros randomizadores.

“O estudo validou a importância da administração precoce de estatinas em alta dosagem após o diagnóstico de um infarto agudo do miocárdio, notadamente entre os pacientes encaminhados para realização de angioplastia coronariana”, explicou Pedro Beraldo de Andrade.

Comumente empregadas no tratamento da hipercolesterolemia, neste estudo as estatinas reduziram a ocorrência de complicações cardiovasculares em pacientes acometidos por um infarto e que foram tratados por angioplastia.

O Serviço de Hemodinâmica da Santa Casa de Marília participa ativamente de estudos clínicos nacionais e internacionais que avaliam terapêuticas capazes de delinear as normativas futuras no tratamento dessa população de alto risco, posicionando o centro na vanguarda do conhecimento.

“Estamos atuando em três importantes frentes: na assistência, com a realização de mais de 53.000 procedimentos até a presente data, no ensino, colaborando com a Residência Médica em Cardiologia e através da participação ativa em Congressos, e na pesquisa, o que nos mantêm sempre motivados a buscar o melhor resultado aos nossos pacientes”, concluiu o médico e pesquisador.