Desde 2014, mais de 71000 artigos.
,/2022

Estudante é condenada a 14 anos de prisão por matar namorada

Polícia
25 de junho de 2014
bacelar

O casal meses antes do crime

A estudante Alessandra Magro Bacelar de 26 anos, foi condenada a cumprir 14 anos de prisão em regime fechado, pelo assassinato da sua namorada na época do crime, a artista plástica Silvia Helena Saraiva Avelino, em julho do ano passado. O crime foi cometido porque Alessandra não aceitou o fim do relacionamento amoroso entre as duas.

O CASO:

Por volta das 18h do dia 28 de julho de 2013, as duas teriam iniciado uma discussão após Silvia Helena revelar que queria o fim do relacionamento de quase quatro anos. Durante a briga, Alessandra sacou um revólver calibre 32 e atirou praticamente a queima-roupa na testa da artista plástica, que estava sentada em uma cadeira.

A estudante de Enfermagem da Unimar, ainda tentou atirar contra a própria cabeça duas vezes, mas o revólver, em péssimo estado de conservação, falhou em ambas. Ela então acionou o socorro. Questionada, inicialmente a jovem afirmou que Silvia havia sido baleada em um assalto. Ela alegou ter deixado a chácara para comprar salgados e, ao retornar, teria encontrado a companheira ferida.

Silvia foi socorrida em estado grave ao Hospital das Clínicas, mas não resistiu e teve a morte cerebral constatada na manhã seguinte. Desconfiados da calma demonstrada pela estudante, os policiais novamente perguntaram o que havia acontecido e Alessandra confessou o crime e que havia tentado se matar.

“Estávamos juntas há quase quatro anos e ela terminou tudo comigo. Não me conformei e acabei cometendo o crime. Estou muito arrependida. Eu a amava muito”, disse, aos prantos, a estudante em entrevista a uma rádio da cidade. A universitária ainda indicou o local onde havia escondido a arma: em uma moita na chácara vizinha. No revólver, que estava com a numeração raspada, os policiais encontraram uma munição deflagrada e outras duas picotadas.

bacelar2

A estudante na época do crime