Desde 2014, mais de 65000 artigos.
,/2022

Estabelecimentos comerciais e residência são furtados

Polícia
23 de novembro de 2021

A Polícia Civil investiga furtos em estabelecimentos comerciais de Marília registrados na Central de Polícia Judiciária (CPJ), nesta segunda-feira (22).

A gerente de um loja de calçados na rua São Luiz, na área central, contou que desde o início do mês de outubro vem sentindo falta de mercadorias do estoque.

Até o momento, pelo menos quatro pares de tênis masculino foram subtraídos. A falta dos produtos foi percebida em diversas datas diferentes, quando os vendedores iam ao estoque providenciar calçados solicitados por clientes.

Cada par furtado vale aproximadamente R$ 600. O local em que os calçados ficam armazenados não tem câmeras de monitoramento.

O outro furto teria acontecido em um estabelecimento no bairro Nova Marília, zona Sul da cidade. O caso ocorreu em 18 de novembro.

A vítima, uma mulher de 37 anos, chamou a Polícia Militar na data do ocorrido. Ela contou que chegou para trabalhar e percebeu um buraco na parede lateral do imóvel, que faz divisa com um terreno baldio.

Foram levados R$ 150, um notebook, uma impressora, um CPU, um monitor, uma caixa de som, um celular, dez xícaras, um forno micro-ondas, uma cafeteira, um circulador de ar, quatro parafusadeiras, uma furadeira elétrica, um DVR e uma escada.

RESIDÊNCIA

A residência de um estudante, de 19 anos, foi alvo de criminosos no dia 18 de novembro, no bairro Jardim Continental, zona Sul de Marília. O caso foi registrado ontem na Polícia Civil.

A PM foi acionada na data do ocorrido. A vítima contou que se ausentou de casa e, ao retornar, percebeu que alguém tinha arrombado a janela da sala e subtraído diversos objetos.

Foram furtados alimentos, uma panela elétrica, uma churrasqueira, uma TV, um videogame, produtos de limpeza, botijão de gás e roupas de banho e de cama. Todos os casos são investigados pela polícia.

Quer receber notícias no seu WhatsApp? Clique aqui!  Estamos no Telegram também, entre aqui.