Desde 2014, mais de 54000 artigos.
,/2021

Economia de Marília pode ter perdido até R$ 342 milhões em 27 dias

Cidade
28 de maio de 2020

Mapa mostra como a pandemia vem afetando a economia dos municípios paulistas (Imagem: Divulgação)

A economia do município de Marília perdeu entre R$ 236 milhões e R$ 342 milhões nos 27 dias entre 17 de março e 13 de abril, período que pega o início da vigência de medidas restritivas do comércio e serviços não essenciais.

A estimativa consta em estudo assinado pelo doutor Eduardo Amaral Haddad, professor titular da Faculdade de Economia e Administração (FEA) da Universidade de São Paulo (USP) em parceria com a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe).

A pesquisa analisa o impacto econômico mensal da pandemia no Produto Interno Bruto (PIB) das regiões paulistas.

O levantamento mostra que a região administrativa de Marília perdeu ao todo cerca de R$ 1,19 bilhão no período analisado. O detalhamento de perdas por setor não é feito em nível municipal, apenas regional.

(Imagem: Divulgação)

Na região, o setor mais prejudicado é justamente o que atualmente mais emprega com carteira assinada, o de serviços, com a perda de aproximadamente R$ 660 milhões. Em seguida aparece o comércio, com perda de R$ 270 milhões.

Já a agricultura regional perdeu R$ 103 milhões, a indústria perdeu R$ 136 milhões e a administração pública perdeu R$ 20 milhões.

A estimativa é de que em todo o Estado as perdas econômicas somente naquele período representam cerca de 4,40% do PIB paulista. Isso significa uma perda de mais de R$ R$ 86 bilhões.

Vulnerabilidade

O estudo também traz classificações sobre o nível de vulnerabilidade econômica das regiões e dos municípios. A cidade de Marília aparece classificada como “média”, enquanto a região figura como “média-baixa”.

As cidades do Estado estão divididas em cinco categorias diferentes conforme o nível de vulnerabilidade econômica: alta, média-alta, média, média-baixa e baixa.

Para consultar a íntegra do estudo, [clique aqui].

(Imagem: Divulgação)

(Imagem: Divulgação)