Desde 2014, mais de 71000 artigos.
,/2022

Doação de órgão e tecidos é tema de campanha na cidade

Cidade
18 de setembro de 2014

Equipe de voluntários da Santa Casa de Marília, que atua na Campanha Integrada de Doação de Órgãos e Tecidos, intensificou as ações para destacar a importância do tema.

O ministério da Saúde definiu o dia 27 de setembro como data nacional. O engajamento do hospital visa ampliar a conscientização, desmistificar o gesto da doação e estimular que as famílias tratem do assunto sem tabus. Na última segunda e terça-feira (15 e 16), a Santa Casa realizou um pedágio educativo para aferir o conhecimento dos profissionais de saúde.

As ações são organizadas pelo Spot (Serviço de Procura de Órgãos e Tecidos) da Famema (Faculdade de Medicina de Marília), em parceria com a Santa Casa.  Durante o mês, profissionais das duas unidades de saúde promovem uma série encontros, palestras e distribuição de material educativo. Também utilizam o laço verde, um símbolo internacional da causa.

O pedágio educativo, feito na Santa Casa, também ocorre neste dia 18 e 19 (quinta e sexta) no HC (Hospital das Clínicas). Funcionários são abordados e convidados a retirar de uma caixa uma pergunta. Quem acerta, confirma seus conhecimentos sobre o tema e ganha um chocolate. Quem erra fica com o prêmio de consolação (balas, pirulitos), mas saem melhor informados acerca da doação de órgãos.

IMG_6955

Pedágio educativo na Santa Casa

Referência em transplantes renais e integrada à rede que alimenta o banco de dados do sistema nacional, a Santa Casa de Marília mantém ativa sua CIHDOTT (Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplante). Mas, além da função legal do grupo, conta com o engajamento e entusiasmo da assistente administrativa Deborah Milani e da terapeuta ocupacional Izabel Travitzky, que coordenam as ações da campanha.

O trabalho começa bem antes do mês de setembro. Em 2014, a equipe fez parceria com o estudante e ilustrador Guilherme José, de 16 anos. Com suas cores e criatividade, o jovem deu vida aos personagens do roteiro preparado por Deborah. O resultado foi um gibi onde os amigos “Lucas” e “Danilo” descobrem, a partir da necessidade de um transplante, a importância do gesto de doar.

O material educativo ajuda ainda a desmistificar e esclarecer equívocos que atrapalham quando o assunto é doação. A confecção contou com o apoio da iniciativa privada.

Neste dia 20 (sábado) serão distribuídos materiais educativos no supermercado Tauste Norte. Já no dia 27, data nacional definida pelo Ministério da Saúde, haverá uma mobilização na rotatória da praça Athos Fragata, na avenida Tiradentes. O #1salva8 conta com a parceria do Lions Clube e será uma forma dinâmica de chamar a atenção para o tema.

Captação – Em 2014, o Spot de Marília (responsável por uma região superior a 60 municípios no Interior paulista), registrou oito doadores múltiplos, com a captação de oito fígados, 16 rins e duas doações de ossos. Foram registrados ainda 55 doadores de córneas, totalizando 110 órgãos.