Desde 2014, mais de 71000 artigos.
,/2022

Direitos Humanos e Igualdade Racial vão promover o 1º Café das Nações

Cidade
18 de junho de 2022

Encontro foi realizado entre pasta e órgão (Foto: Divulgação)

No próximo dia 2 de julho acontece o 1º Café das Nações, com a proposta de integração entre imigrantes em um café da manhã com pratos brasileiros e os típicos oferecidos pelos imigrantes e refugiados de outrora, dentre eles, italianos, espanhóis, japoneses, sírios, libaneses e portugueses, que escolheram Marília para residir e cuidar de suas famílias, assim como hoje estão chegando venezuelanos, peruanos, haitianos e chineses, entre outras nacionalidades.

O Café das Nações tem como objetivo comemorar o Dia Mundial do Refugiado [20 de junho] e, pensando nisso, a Secretaria Municipal de Direitos Humanos e o Conselho da Igualdade Racial querem acolher esses novos moradores, que vêm muitas vezes de uma realidade difícil e precisam se adaptar a uma cultura totalmente diferente, linguagem, clima e culinária.

“Espero que este seja o primeiro de muitos Cafés das Nações. Enquanto houver necessidade de acolhermos os imigrantes e refugiados em nossa cidade, estaremos empenhados”, afirma a presidente do Conselho da Igualdade Racial, Marilis Machado.

“A Prefeitura de Marília buscará, sempre de forma humanizada, os meios para acolher e garantir uma melhor adaptação a essas pessoas que, por várias razões, tiveram que deixar sua pátria para estabelecer residência em nossa cidade. Este evento é um gesto humanitário de solidariedade e empatia”, afirma o prefeito Daniel Alonso (PSDB).

“A Secretaria de Direitos Humanos se sente honrada e engajada para a realização deste café e convida aos imigrantes de Marília para partilhar deste momento de confraternização e integração”, diz o secretário de Direitos Humanos, Wilson Damasceno.

O evento será realizado na Faip, a partir das 9h. Para participar, os imigrantes interessados deverão se inscrever de 8 a 17 de junho, através do Google Forms.

Atualmente, o município de Marília tem recentemente mais de 100 famílias de imigrantes e/ou refugiados vindos da Síria, Líbano, Venezuela, Colômbia, Haiti e República Dominicana. Quem quiser colaborar com doações de mantimentos para a realização do café pode entrar em contato com a Secretaria de Direitos Humanos/Conselho da Igualdade Racial, através do telefone (14) 3402-4411.

(Arte: Divulgação)