Desde 2014, mais de 49000 artigos.
,/2020

DIG fecha bordel e prende cafetão na zona Oeste de Marília

Polícia
06 de dezembro de 2019

A Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Marília prendeu em flagrante nesta quinta-feira (5) um homem de 58 anos com iniciais E.F.S. acusado de manter uma casa de prostituição na zona Oeste de Marília.

O local já era conhecido nos meios policiais e durante o cumprimento de um mandado judicial de busca e apreensão  por volta das 14h30 foi constato que o bordel continuava em funcionamento.

Foram encontradas seis garotas de programa alojadas no estabelecimento, além de material que fez os policiais presumirem “tratar-se de um prostíbulo, como comandas de consumo da noite anterior, preservativos, freezers com bebidas”.

A informação obtida pelo Marília Notícia foi de que três das garotas confirmaram que faziam programas sexuais no local, atraídas com proposta de acomodação e alimentação grátis, além de outros benefícios que dificultavam o abandono da atividade.

Foi constato que o proprietário do local tinha participação nos lucros dos programas, bem como no consumo das bebidas. Ele seria apresentado em audiência de custódia e um juiz decidiria sobre seu encaminhamento.

A ação da DIG fez parte da Operação Genus – palavra que quer dizer nascimento em latim – ocorrida entre segunda (2) e quinta-feira na área de atuação da Delegacia Seccional de Marília, com 14 municípios.

Durante o período, a Polícia Civil pendeu 19 pessoas e apreendeu dois adolescentes. Além da exploração da prostituição a operação mirou casos de jogos de azar, violação de direitos autorais e tráfico de drogas.