Desde 2014, mais de 30000 artigos.
,/2018

Daniel terá a faca e o queijo na mão para mudar Marília

Coluna
29 de outubro de 2018

Daniel Alonso em foto com Bolsonaro e Capitão Augusto: proximidade com novos governos estadual e federal (Foto: Arquivo Pessoal)

O prefeito Daniel Alonso (PSDB) está com a faca e o queijo na mão. Após quase dois anos de uma administração cambaleante, o chefe do executivo mariliense tem uma nova chance de mudar a cara da cidade.

A partir de 2019 a Prefeitura Municipal estará alinhada com os governos estadual e federal. Apesar da situação óbvia, com os Camarinhas apoiando Marcio França, Daniel foi um dos poucos prefeitos que deu a cara a tapa e se posicionou firmemente ao lado de João Doria, eleito ontem novo governador de São Paulo. Isso deve render frutos e uma atenção especial para Marília nos próximos anos.

Além disso, Daniel também apostou na relação com Capitão Augusto (PR), deputado federal reeleito e próximo de Jair Bolsonaro (PSL). Augusto tem chance de ser presidente da Câmara federal e mesmo se não for, terá plenas condições de ajudar o prefeito tucano em Brasília.

Ou seja, em tese, recurso não faltará para obras. A burocracia para execução de projetos com certeza será reduzida com estes importantes aliados.

A mudança deve começar ainda este ano, nos bastidores se fala em ampla reforma no secretariado.

Recentemente critiquei o fato, de que o governo não conseguia enxergar as deficiências. Quando são criticados, automaticamente dizem que o crítico está ao lado dos Camarinhas, seus inimigos políticos.

Parece que lentamente o entorno de Daniel percebeu a situação e tenta diálogo maior com a cidade. O governo municipal tem tudo para virar o jogo a partir de 2019. O cavalo selado está passando mais uma vez na porta de Alonso.