Desde 2014, mais de 39000 artigos.
,/2019

Damasceno irrita governo municipal ao travar financiamento

Cidade
10 de setembro de 2019

Um projeto de lei que autoriza a Prefeitura de Marília a financiar R$ 23 milhões junto a Caixa Econômica Federal (CEF) para investimento em construção de parques e praças, pavimentação e recapeamento recebeu pedido de vista por cinco dias.

A propositura de autoria do Executivo foi colocada para votação em sessão extraordinária nesta segunda-feira (9), mas não chegou a ser discutida pelos parlamentares. O vereador Delegado Damasceno (PSDB) foi autor do pedido.

A verba, caso aprovado o projeto, saíra do Programa Finisa – Financiamento à Infraestrutura e Saneamento.

O assunto pode voltar para a ordem do dia – ou seja, a pauta de votação – já na semana que vem, segundo o presidente da Câmara, vereador Marcos Rezende (PSD).

Integrantes do governo municipal, que preferem não se identificar, criticaram o pedido de Damasceno. “Sempre joga contra a cidade por birra política”, disse um dos funcionários da atual administração.

Entenda

Damasceno argumentou que foi apresentado pela administração municipal um substitutivo. De acordo com ele, a alteração em relação ao projeto apresentado inicialmente merece ser analisada com cautela.

O valor que a Prefeitura financiaria, inicialmente, era mais baixo, segundo justificativa assinada pelo prefeito Daniel Alonso (PSDB).

A princípio seriam destinados R$ 4,5 milhões para construção de praças e parques. O projeto substitutivo aumentou tal cifra para R$ 7 milhões – o que significa um acréscimo de R$ 2,5 milhões no valor do empréstimo.

A proposta de aplicação em pavimentação e recapeamento asfáltico foi mantida em R$ 16 milhões.

Outra mudança na redação do projeto foi que o inicial previa o investimento em R$ 4,5 milhões na construção do Parque Linear Cascata.

Agora, no substitutivo consta apenas que são R$ 7 milhões para “parques e praças” sem especificações de quais são eles.

Segundo o vereador Marcos Custódio (PSC), o aumento trazido pelo substitutivo veio após pedido feito por alguns parlamentares ao governo municipal.

Emenda

Uma emenda do vereador Maurício Roberto (PP) propõe que seja dada prioridade nos recursos para construção de infraestrutura de um complexo de lazer localizado no Núcleo Habitacional Presidente Jânio Quadros.