Desde 2014, mais de 25000 artigos.
,/2018

Aconteceu? Tá no MN! #15

Geral
15 de agosto de 2017

Impasse

Segue indefinida a situação do cartão alimentação dos aposentados e pensionistas da Prefeitura de Marília. Os inativos continuam sem receber os R$ 250,00. Até quando essa situação vai se arrastar? A administração municipal precisa dar um jeito logo nisso. Na verdade deveria falar que não vai pagar e pronto – embora eu duvido muito disso. Não está amparada pela lei? É preciso coragem nesse momento. Aliás, no primeiro ano de governo é quando se pode ter coragem. Dê um ponto final nisso prefeito, por favor.

Tucanos

O vereador José Luiz Queiroz escancarou que não gosta de muitas coisas no governo Daniel Alonso. Os dois são do mesmo partido, o PSDB. Entre os aliados do prefeito, Zé Luiz já é chamado de ‘traíra’. Isso porque ele criticou pontualmente algumas ações e nomeações da atual gestão. Ontem inclusive, na sessão da Câmara, foi aprovado em primeira e segunda discussões o Projeto de Lei nº 40/2017, de autoria dele, modificando a Lei nº 7117/2010, que oficializa o Portal da Transparência divulgado na página da Prefeitura Municipal de Marília, acrescentando cargos em comissão. Ou seja, a Prefeitura terá que listar os nomes e cargos de todos os comissionados. Um ótimo projeto diga-se de passagem.

Sesc

O Sincomércio Marília juntamente com a direção Estadual do Sesc apresentaram ao prefeito Daniel Alonso o imponente projeto da unidade do Sesc Marília. A intenção do grupo é que a construção do prédio que terá 3 pavimentos comece no segundo semestre do ano que vem e seja entregue em um ano e meio, ou seja, 2020. O edifício será composto por 3 pavimentos com certificação Ambiental LEED (Leadership in Energy and Environmental Design), com uma área construída coberta de 11.195m² e área construída descoberta de 9.881m².

Sesc 2

O prédio terá um teatro com 217 lugares, central de atendimento, clínica odontológica com 3 consultórios, conjunto aquático descoberto com piscina semiolímpica, recreativa e infantil, ginásio coberto, minicampo, quadra de areia área de convivência, 3 salas uso múltiplo, espaço brincar, espaço de tecnologia e artes, biblioteca, turismo social, comedoria/lanchonete, loja Sesc, sala de ginástica multifuncional, área infantil externa, setor gerencial e estacionamento com 70 vagas. O orçamento previsto para construção é de R$ 60 milhões.

Falsa reforma política

É uma vergonha nossos congressistas tentarem fazer uma falsa reforma política. Propostas desatualizadas que nos prendem ao passado. Amanhã, dia 16, a Câmara dos Deputados pretende aprovar essa estupidez. São absurdos R$ 3,6 bilhões tirados dos cofres públicos para colocar no saco sem fundo dos enlameados partidos políticos. O tal do Distritão só mantém os mais ricos e coronéis no poder. Nós brasileiros precisamos nos manifestar e dizer não a essa falsa reforma política.

Ferrou

O governo ampliou as previsões para o déficit do governo central também nos anos de 2019 e 2020. Para 2019, a previsão passou de uma expectativa de déficit de R$ 65 bilhões para déficit R$ 139 bilhões. Em 2020, a previsão passou de um superávit de R$ 10 bilhões para déficit de R$ 65 bilhões. Onde nós vamos parar? Bem agora que o mercado começa a reagir?

Vai carpir um lote

A Prefeitura notificou dezenas de proprietários de terrenos para que façam a capinação e limpeza desses espaços, sob pena de multa. Alguns nomes chamaram a atenção nas notificações: a CMN (Central Marília Notícias), grupo que controlava o extinto jornal Diário e as Rádios Dirceu AM e Diário FM e Lázaro da Cruz Júnior, o Júnior da Farmácia, atual coordenador do Complexo de Trânsito e ex-vereador. Os proprietários tem 10 dias a partir de hoje para executar o serviço, caso contrário são multados.

Falou que não

Em rápido entrevista ao Marília Notícia, o prefeito Daniel Alonso (PSDB) tratou de afastar os rumores de que a secretária da Saúde Katia Ferraz Santana, seria substituída no cargo. Os boatos estavam ficando cada vez mais fortes pela cidade. “Essa informação não procede. A secretária Katia vem fazendo um bom trabalho. Está dentro do plano de reestruturação e modernização da gestão da saúde de Marília. Ela lida com o colegiado e integração dos hospitais, faz o fortalecimento da rede de atenção básica, lidera Marília dentro do cenário regional, entre muitos projetos. Não há nenhuma e qualquer intenção de troca da secretária Katia”, disse Alonso.

Open bar

A Câmara aprovou ontem, dia 14, as modificações  da Lei nº 7119, de 14 de maio de 2010, que determina normas para festas, shows e eventos em Marília. A autoria da lei é do vereador Wilson Damasceno (PSDB), que também pediu as alterações. As novas normas aumentam o valor das multas para as conhecidas festas ‘open bar’, onde o consumo de bebida alcoólica à vontade é liberado mediante o pagamento de ingresso. Em outras palavras, o cerco se fecha cada vez mais em Marília para esse tipo de festa. Agora, quem for flagrado promovendo esse tipo de evento, pagará multa de R$ 5 mil, além de ter a festa interrompida.