Desde 2014, mais de 71000 artigos.
,/2022

Acim se manifesta contra comércio informal na Examar

Cidade
04 de setembro de 2014

EXAMAR-IIO presidente da Associação Comercial e Industrial de Marília (Acim), Libânio Victor Nunes de Oliveira, solicitou aos órgãos públicos municipal, estadual e federal, que fiscalizem atuação do comércio existente na Feira Agropecuária de Marília (Examar), que está acontecendo na cidade e que promove a comercialização de produtos e serviços.

“Infelizmente algumas pessoas oportunistas estão aproveitando a realização da feira para praticar o comércio ilegal de produtos”, comentou o dirigente que tem a informação da informalidade de alguns pontos de vendas dentro do recinto.

“Já foi feito o alerta aos organizadores do evento e agora foi pedida a ação do Poder Público”, comentou o dirigente. De acordo com o presidente da Acim, muitas pessoas que estão na feira de exposição estão vendendo alguns produtos de origens desconhecidas e que fazem parte de um movimento chamado “Feira do Brás”, também conhecida como “feirinha da madrugada”, que reúne comerciantes informais que se movimentam em algumas regiões do estado de São Paulo, na busca de facilidades para a venda de produtos sem o devido pagamento de impostos.

“A Acim não é contra a feira de exposição e sim contra o comércio informal que deve acontecer na feira”, falou o presidente. “Não é justo com o comerciante formal, a concorrência desleal e temporária”, disse. “Para haver comércio, neste caso, é preciso estar regularizado e para isso a fiscalização pode comprovar”, comentou.