Desde 2014, mais de 60000 artigos.
,/2021

A história dos girassóis

Coluna
14 de julho de 2021

A história dos girassóis da Unimar começa há alguns anos, quando o nosso reitor imaginou um projeto que permitisse que as crianças conhecessem a Universidade ainda durante a sua infância, para que a grandiosidade e seriedade de uma instituição de ensino como a Unimar, pudesse fazer aflorar nas crianças a vontade de realizar um curso superior.

O reitor sempre acreditou que, a partir da educação, é possível sonhar e, o mais importante, realizar tais sonhos.

Nascia o programa de extensão universitária “Unimar e os pequeninos” com o objetivo de “[…] oferecer a integração das crianças com a comunidade acadêmica por meio de projetos nas diversas áreas do conhecimento, em especial por meio de atividades lúdicas. Os cursos envolvidos no programa, em especial, são os cursos de arquitetura, agronomia, direito, pedagogia, medicina veterinária e engenharia”.

Além dos alunos, o programa também envolveu os professores e colaboradores, tudo com o objetivo de prestar um atendimento de qualidade para as crianças.

A justificativa apresentada para a realização do projeto foi “A Educação Infantil é uma etapa fundamental no desenvolvimento escolar do aluno, é o momento onde a criança começa a interagir com as suas primeiras descobertas. O programa Unimar e os pequeninos valoriza a identidade pessoal e social das crianças, envolvendo um aprendizado permanente de cidadania.  Além disso, a integração das crianças com a comunidade acadêmica estimulará o ensino e aprendizagem, oferecendo novas metodologias”.

Uma das primeiras medidas adotadas pelo programa, também por iniciativa do reitor, foi a construção da “Fazendinha de pequenos animais”, na qual as crianças e suas famílias podem ter contato com animais de pequeno porte, como galinhas, patos, gansos, marrecos, pavões e outras aves, como também com pôneis, carneiros, avestruz etc.

Veio a pandemia e a circulação de pessoas no local precisou ser restringida, em nome da segurança sanitária.

Os dias tristes trazidos pela pandemia, de um lado, e o sucesso de uma plantação de girassóis na região, de outro, fizeram surgir no reitor mais uma ideia: transformar o campus da Unimar em um grande jardim de girassóis, que pudesse se tornar um ponto de encontro da cidade de Marília.

Apesar da seca que atingiu nossa região neste ano, alunos e professores foram convidados a plantar um jardim de girassóis de nossa região.

O resultado foi magnífico e a visitação da comunidade de Marília e região tem sido intensa, apesar de o espaço da Fazenda Experimental exigir alguns cuidados quanto à segurança, em especial porque trata-se de uma fazenda em plena atividade (cuidado com os animais, com os cachorros pastores que protegem o rebanho de carneiros, etc.), e também exigir cuidados sanitários em razão da pandemia (distanciamento, uso de máscaras, etc.). Assim, por ora, apenas a visitação dos girassóis está autorizada.

O objetivo desse e de outros projetos da Unimar, unidos no Programa “UNIAMOR”, visa permitir que as pessoas continuem a sonhar!

Sonhar com dias melhores! Com certeza eles virão!